Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

Relato dos 50km na Ultra Trail Ribeirão das Pedras!

Em 2014 tive a oportunidade de relatar a excelente e primeira corrida de 42km que fiz por montanhas, cruzando praias deslumbrantes e tendo o apoio de grandes parceiros de esporte - link . Este ano, também descrevi a graciosa experiência em correr os 23km na Ultra Trail Rota das Águas . E agora conto, de maneira resumida, a experiência que tive ao tentar correr os 50km da Ultra Trail Ribeirão das Pedras! Na última ocasião dos 23km, fiquei imaginando o que seria correr 50km por montanhas. No gráfico abaixo falta um último morro ao final, mas dá para se ter uma ideia do sofrimento que me aguardava. Seriam mais de 2.300 metros de desnível positivo, ou seja, literalmente, subiríamos em altitude (não distância), um total de 2.3km! O ponto de "corte" seria no km 37,5 e com 07:30 de prova - quem não chegasse lá neste tempo, seria cortado da prova. Ainda não tenho mais fotos da prova, mas as abaixo (tiradas no local da prova, porém num treino duas semanas antes), r

Carta Aberta aos pais que levam seus bebês chorões e crianças pequenas às Igrejas

Queridos pais levam crianças pequenas às Igrejas, Vocês estão fazendo algo realmente,  realmente  muito importante. Eu sei que não é fácil. Eu vejo vocês com os braços assoberbados e sei que vocês vieram para a igreja já muito cansados. Criar filhos pequenos é trabalhoso. Muito cansativo mesmo. Eu os vejo rodopiar, sacolejar e balançar incansavelmente tentando manter seus bebês quietos. Assisto todo o esforço necessário para encontrar um lugar para se sentar na igreja: Os malabarismos com o carrinho e o equilibrismo com as sacolas de fraldas e todas as dezenas de bugigangas do arsenal móvel de cada bebê. Eu vejo vocês se sacudirem quando seus filhos choram e assisto solidária toda agitação e ansiedade com que vocês abrem os seus sacos de mágica, catando os truques que podem ajudar a acalmar os seus filhotes.  E eu vejo vocês com as suas crianças pequenas, as que dão os primeiros passos e as de três, quatro e cinco aninhos. E vejo como vocês se irritam quando seus men

Minhas BOAS impressões com Augusto Cury. Ou: vou me confessar a vocês!

Ninguém gosta de confessar seus erros ou tropeços. Confessar faz mal ao ego, porque demonstra uma falha. Todavia, confessar é também parte do crescimento e contribui à maturidade. Por isso, vamos lá: eu falava mal dos livros e do Augusto Cury, mesmo sem ter lido qualquer coisa sobre ele ou ver algo concreto sobre sua pessoa. Era isso. Essa era minha confissão. Simples e rápida, para não doer tanto. Eu tinha este procedimento com Cury, devido a certas questões: quando comecei a estudar teologia e iniciei na teologia reformada, não soube equalizar as informações e logo tudo que era psicologia, psiquiatria ou outra área afim, de imediato eu rejeitava. Se alguém me dissesse que estava lendo um livro do Cury, por exemplo, eu olhava com aquela cara de "hmmm, que ruim; não tinha mais nada pra ler? vai perder seu tempo com isso?". Confesso que nunca tive a intensão de menosprezar Cury ou quem o lia, apenas que o julgamento antecipado me fazia ter um falso zelo por aquilo que

A santificação NÃO é algo extra!

" Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, —pela graça sois salvos ". (Efésios 2:4-5) Não é verdade, como muitos pensam, que a santidade seja uma condição para obter a salvação. Também não é verdade que a santidade seja algo que acompanhe a salvação. A santidade não é uma condição para se obter a salvação e nem acompanha a salvação, como se fosse algo à parte, porque a santificação É A PRÓPRIA SALVAÇÃO. Salvação significa ser salvo do PECADO - (1) da culpa pelo pecado, (2) da prática do pecado e (3) da condenação pelo pecado. Somos salvos da culpa do pecado pela bênção da JUSTIFICAÇÃO, sendo " justificados por graça " (Tito 3:7). A bênção da justificação nos salva da culpa pelo pecado porque a justificação consiste em Deus perdoar os nossos pecados, ao imputar a nossa culpa a Cristo, e em Deus nos aceitar como justos, ao imputar a justiça de Crist

A Bíblia nos ensina a desobedecer*

*Confesso que o título foi para chamar a atenção. O original era "É lícito desobedecer as leis humanas, quando houver um padrão mais elevado a ser seguido", mas ficaria grande demais. Perdoem minha falta de criatividade. ------------- Neste blog, procuro abordar os mais diferentes temas, mas alguns acabam sendo ampliados, como é o caso deste pequeno artigo. Em 2013, escrevi sobre  A importante diferença entre legalidade, moralidade e licitude . Já em 2014, fui além e comentei sobre que  Nem sempre é um pecado desobedecer o governo . E hoje continuarei, demonstrando que o mero seguir das Leis humanas, não pode ser considerado um sinônimo de bom cristianismo. Se por um lado o interesse na Bíblia é algo excelente e digno de louvor, por outro algumas pessoas têm confundido e entendido errado algumas passagens, como o famoso capítulo treze do livro de Paulo aos crentes em Roma. O famoso trecho invocado é este: " Toda a alma esteja sujeita às potestades superi

10 coisas que aprendi em 10 anos de relacionamento

Dia dez deste mês de maio, completei dez anos de relacionamento com minha esposa. Quase sete anos de casamento e mais três de namoro. Sei que não é uma eternidade, mas numa época em que os votos valem muito pouco, estou muito feliz pelo acontecimento! E por isso gostaria de compartilhar algumas que aprendi durante este tempo. 1. As pessoas sempre encontraram uma desculpa para seus fracassos. Lembro-me do início do relacionamento, quando as pessoas me perguntavam se brigávamos muito e eu respondia que "não". A contra resposta era sempre a mesma: "isso é porque vocês começaram a pouco tempo". Passaram os três anos de namoro e agora eles diziam: "é porque vocês ainda não casaram". Casamos, um, dois anos de convivência e o argumento deles era: "no começo do casamento é assim, esperem mais um pouco...". Quer dizer, parece que se nós não brigássemos muito, algo estava errado! Isto me ensinou que as experiências alheias são muito, mas

Dia da Terra, ambientalismo e mordomia

Hoje, 22 de abril, é o dia da Terra, e já que ainda não escrevi sobre essa tolice, deixe-me fazer isso agora. Você foi treinado para pensar — embora condicionado a pensar seja um modo mais acurado de dizer isso — que o debate sobre o meio-ambiente é um debate entre aqueles que querem cuidar do planeta e aqueles que não querem. Mas, como Lao Tzu talvez diria, “não é isso”. C.S. Lewis certa vez expôs, em A abolição do homem, que quando falamos do homem conquistando a natureza, geralmente falamos de homens conquistando outros homens, com a natureza sendo usada como instrumento. Este é o caso aqui. Se houvesse dez de nós em uma sala, e alguns pensassem que a sala está quente demais e outros que ela está fria demais, e alguém se pusesse na posição de termostato com um revólver com o objetivo definir e controlar o debate, seria pouco acurado dizer que ele tivesse simplesmente “controlado a temperatura”, embora fosse isso. Se quiséssemos entender o que estava acontecendo, ter

Relato dos 23km na Ultra Trail Rota das Águas!

Hoje é segunda-feira. Estou um pouco dolorido. O corpo reclama em algumas partes, mas a mente está renovada. Nada melhor que muita trilha e barro para começar bem a semana! Todo indivíduo, ao prestar algum serviço, deveria ter em mente o claro objetivo: proporcionar felicidade, segurança, descontração, resolução de problemas ou seja lá o que for. Não importa qual o serviço prestado - quem compra, quer ficar satisfeito. E eu fiquei satisfeito com o serviço recebido! Satisfeito com a presteza em responder dúvidas via Facebook  e por proporcionarem uma solução para um problema financeiro que tive. Registro aqui os parabéns ao  Maicon Cellarius , Débora Wanderck , Maurício Pamplona e Márcio Maciel !  Vamos ao relato.  Lá pela metade de janeiro deste ano, fiquei sabendo da primeira edição da Ultra Trail Rota das Águas (nas modalidades de 8km, 23km e 50km), que aconteceria na cidade de Gaspar/SC. Como prefiro correr aos sábados, fui logo conferindo se ela cairia neste dia e

A curva da felicidade e o número de filhos

A melhor surpresa do mundo chegou-me em forma de vida: quando estava de “assunto despachado” (já ninguém sequer ousava perguntar quando é que vem o quarto, naquele jeito tão português de se meter na vida alheia), nada de fraldas ou chuchas pela casa, três filhos crescidos e respetiva parafernália infantil oferecida a perder de vista, eis que fiquei grávida outra vez. Faz hoje dois anos que a minha vida voltou ao rebuliço das noites mal dormidas, fraldas sujas, choros e febres. A melhor coisa do mundo. Ter filhos faz mal à carteira (sobretudo em Portugal) mas tão bem à alma. Sei, por experiência própria, que os filhos multiplicam as alegrias e dividem as tristezas. Fazem disparar os decibéis, mas encolher as angústias. Subtraem-nos tempo, mas acrescentam capacidade de organização e superação. Fazem aumentar a carga de trabalhos mas relativizar as preocupações com o trabalho. Causam estrias, dores de costas, rugas e cabelos brancos, mas fazem-nos descobrir melhores versões de nó

Vá para casa e ame sua esposa!

5 coisas que eu gostaria de saber antes de me casar

Os primeiros seis meses do meu casamento foram alguns dos meses da minha vida em que mais abri meus olhos. Até aquele momento eu pensava que ser uma esposa e uma auxiliadora era uma coisa fácil. Eu me sentia totalmente preparada para o meu papel como esposa. Grande ilusão. Depois de seis meses de casamento eu percebi o quão totalmente despreparada eu estava em determinadas áreas. Para ser honesta, havia cinco coisas que eu gostaria de ter sabido antes de me casar. Se você é uma garota solteira e está esperando se casar algum dia, este conselho é para você. 1. Seu relacionamento com Deus é a CHAVE para ser uma esposa feliz. Eu tinha uma relação boa com Deus enquanto garota solteira. Eu tentei ler a Bíblia e orar diariamente, mas eu não era muito consistente. Alguém se identifica? Como resultado, os meus primeiros meses de casamento foram os mais emocionais para mim. Naquela época, eu estava olhando para o meu novo marido como minha segurança e preenchimento em v