Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

10 Maneiras de se fazer Sexo para a Glória de Deus

"Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa , fazei tudo para glória de Deus" (1Co 10.31) 1.   Tendo cada um sua própria esposa ou esposo - " Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido " (1Co 7.2); 2. Considerando o cônjuge como parte de seu próprio corpo  - " Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo " (Ef 5.28); 3. Pensando na beleza e graça do cônjuge, e não de um terceiro - " Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai " (Fp 4.8); 4. Estimando o cônjuge acima de todos os relacionamentos - " Formosa és, meu amor, como Tirza, aprazível como Jerusalém " (Ct 6.4); 5. Concedendo

Efésios 2.8 (parte 4) - É Dom de Deus - Exposição em Efésios - Sermão pregado dia 28.10.2012

Efésios 2.8 (parte 4) - É Dom de Deus Exposição em Efésios - Sermão pregado dia 28.10.2012 Esta pregação foi gravada em vídeo - para assistir, clique no link abaixo: http://twitcam.livestream.com/ck8u1 " Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós , é dom de Deus " (Ef 2.8 - ênfase minha). Enquanto escrevo estas palavras, ouço um som de piano vindo pela janela - não sei quem é seu autor, o nome da música e se fato é realmente de um piano. Todavia, uma coisa sei: ouço algo gracioso e cujo dom para tocar, não possuo. Amados irmãos, se consideramos o tocar de teclas, um dom e extrema habilidade, quanto mais deve nos encher os olhos de alegria, a visualização do dom vindo dos céus! A fé, nos diz a santa e inerrante Palavra, " é dom de Deus "! Diferentemente das teclas que produzem inúmeras melodias, notas harmônicas agradáveis, mas que para serem ouvidas, devem ser pressionadas cuidadosamente e adequadamente por algum homem ou

Incompreensível e Imutável é o Amor de Deus

E, por esta razão, Paulo diz que esse amor com que Deus nos abraçou “antes da criação do mundo” [Ef 1.4] fora estabelecido e fundamentado em Cristo. Estas coisas são evidentes e em estrita concordância com a Escritura e harmonizam excelentemente entre si essas passagens onde se diz que nisto Deus manifestou seu amor para conosco: que o Filho Unigênito foi entregue à morte [Jo 3.16], e todavia fora inimigo antes que, pela morte de Cristo, se nos tornasse favorável [Rm 5.10]. Mas, para que estas coisas sejam mais firmes entre aqueles que requerem o testemunho da Igreja antiga, citarei uma passagem de Agostinho, onde isto mesmo se ensina: “Incompreensível”, diz ele, “e imutável é o amor de Deus. Pois ele começou a amar-nos, não desde que fomos reconciliados com ele pelo sangue de seu Filho; pelo contrário, ele nos amou antes da formação do mundo, para que também nós lhe fôssemos filhos juntamente com seu Unigênito, mesmo antes que viéssemos a ser algo. Que, portanto, fomos reconcili

Por que as Aflições são Necessárias?

Está perguntando a razão disto, crente? Olhe para cima, para o seu Pai celestial, e contemple-o puro e santo. Sabe que será um dia semelhante a Ele? Que será completamente conformado à sua imagem? Não demandará muito refino na fornalha da aflição para purificar-se? Não será coisa difícil livrar-se das suas corrupções e fazer-se perfeito, assim como seu Pai que está no céu é perfeito? Em seguida, cristão, volte seus olhos para baixo. Conhece quais são os inimigos que tem embaixo de seus pés? Você uma vez foi servo de Satanás, e nenhum rei deseja perder seus súditos. Acha que Satanás vai deixá-lo em paz? Não, ele quer estar sempre com você, pois "anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar". Cristão, espere, pois, tormentos quando olhar abaixo de si. Então olhe em derredor. Onde está? Está em um país inimigo, como estrangeiro e hóspede, O mundo não é seu amigo. Se for, então você não é amigo de Deus, pois aquele que é amigo do mundo é inimig

O Juramento Permitido: Necessário, Reverente, Condigno

E assim já não pode ser ambíguo aos juízos sadios que nesta passagem de Mateus referida o Senhor desaprovou somente aqueles juramentos que foram proibidos pela lei. Ora, mesmo Aquele próprio, que na vida exibiu um exemplo da perfeição que ensinava, não se furtou aos juramentos sempre que as circunstâncias os requeriam e os discípulos, que não temos dúvida em tudo obedeceram a seu Mestre, seguiram o mesmo exemplo. Quem ousaria dizer que Paulo haveria de ter jurado, se o juramento fora inteiramente proibido? Com efeito, onde a situação assim exigiu, jura sem qualquer escrúpulo, adicionada até mesmo, às vezes, uma imprecação [Rm 1.9; 2Co 1.23]. Entretanto, a questão ainda não está encerrada, uma vez que alguns julgam que desta proibição se eximem só os juramentos públicos, que são os que prestamos, conferindo- s e exigindo-os um magistrado, os quais os príncipes também costumam usar na ratificação de tratados, ou o povo, quando jura em nome do príncipe, ou o soldado, quando é ob

Um Chuveiro, Uma Morte e a Soberania de Deus

O número de mortes estranhas nos impressiona. Na verdade, por si mesma, a morte já não nos espanta - exceto quando ela pode ser considerada e enquadrada em "morte estranha" ou "morte bizarra".  Estas mortes podem ocorrer das mais diferentes maneiras. Recentemente, um colega de sala de aula, comentava comigo que seu amigo havia morrido dentro do banheiro - mais precisamente, tomando banho. Intrigado, perguntei-lhe como havia acontecido. Para meu espanto, seu colega havia tido algum problema físico durante o banho e caiu desmaiado em cima do ralo. O chuveiro, então, por continuar ligado, acabou por encher o box  e matar o jovem, afogado.  Diante desse e muitos outros fatos [ 1 ], surge-nos a pergunta: sendo Deus soberano, qual o propósito destas mortes? Sim, sabemos que " até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados " (Mt 10.30) e que ninguém pode acrescentar algo à sua vida (Mt 6.27), de modo que nossos dias estão contados e determ

Efésios 2.8 (parte 3) - E Isto Não Vem de Vós - Exposição em Efésios - Sermão pregado dia 21.10.2012

Efésios 2.8 (parte 3) - E Isto Não Vem de Vós Exposição em Efésios - Sermão pregado dia 21.10.2012 " Porque pela graça sois salvos, por meio da fé;  e isto não vem de vós,  é dom de Deus " (Ef 2.8 - ênfase minha). O apóstolo do Senhor, impelido por seu zelo pela sã doutrina e pelo sincero anseio de que a obra do Senhor fosse a cada dia mais eficaz na vida dos cristãos de Éfeso, escreveu-lhes dizendo que eram salvos mediante a " graça ", e esta, operada " por meio da fé ". Contudo, Paulo não cessou sua explanação, pois era necessário explicar aos crentes de que tanto a graça como a fé, não partiam de seus próprios corações, mas eram dons de Deus. Neste sentido, alguns argumentam que somente a fé é dom de Deus, de modo que a graça é alcançada devido a alguém possuir fé. Quer dizer, dizem que o Senhor age no homem e lhe confere fé; esta, por sua vez, alcança a graça de Deus e leva à salvação. Este ensino, porém, não merece prosperar, pois se a f

Os Pecados Secretos

“...Essas pessoas frequentemente enganam-se a si mesmas e aos outros, passando por bons cristãos, quando na realidade ainda não estão salvos. Muitos  não são descobertos até que a morte e o julgamento tragam tudo à luz. Esses auto-enganadores parecem chegar até à porta do céu certos de sua admissão, mas no fim não conseguem entrar. (Mateus 7:22). Rogo-lhes encarecidamente que apliquem aos seus corações  e retenham firmemente esta reflexão que é um alerta, isto é, que multidões perecem por causa de algum pecado secreto, o qual, não esta escondido apenas dos outros, mas, devido não perscrutarem seus próprios corações, está escondido até deles mesmos. Um homem pode estar isento de poluições patentes, e, contudo, morrer por causa de algum pecado que passa desapercebido; e existem os seguintes doze pecados ocultos, pelos quais, almas descem aos milhares para os recintos da morte eterna. Precisam investigar cuidadosamente estes pecados e considerá-los como marcas negras onde quer  que

A Igreja Efeminada

Recentemente fui questionado se seria correto dizer que, na história do mundo, dinastias e civilizações inteiras de fato naufragaram na rocha da homossexualidade. Minha resposta foi que não deveríamos pôr as coisas desse modo. Claro, eu creio que a prática homossexual é imoral e proibida pela Lei de Deus. Todavia, em Romanos 1.21 – 32, Paulo põe dessa forma: deixaram de servir a Deus para servirem à Criatura. Como uma consequência, Deus entregou-lhes às paixões impuras. Homossexualidade é julgamento de Deus sobre uma sociedade que abandonou a Deus e adora a criatura em vez do Criador. A Apostasia espiritual é a rocha na qual as culturas, incluindo a nossa, foi fundada, e a homossexualidade é o julgamento de Deus sobre tal apostasia. Esta é a razão porque a homossexualidade era uma prática comum entre as antigas culturas pagãs; na verdade, é uma prática comum entre a maioria das culturas pagãs, incluindo a nossa crescente cultura neo-pagã. Em resumo, a ideia de que a tolerância da

Download do Estudo - O Quarto Mandamento e o Dia do Senhor

Amados irmãos, segue abaixo o link (em .pdf) para download do estudo sobre o Quarto Mandamento e o Dia do Senhor.  Como entender a aplicação deste mandamento ao povo judeu? Qual a importância dos 10 mandamentos para nós? Qual a validade deste mandamento para os cristãos de hoje? Por que o dia de sábado foi substituído pelo domingo? O arquivo possui marcadores (bookmarks) para melhor navegação - caso seu Adobe Reader não o ative automaticamente, clique no símbolo que se parece com um marca páginas (aqueles de fita). Link para download: O Quarto Mandamento e o Dia do Senhor

Efésios 2.8 (parte 2) - Por Meio da Fé - Exposição em Efésios - Sermão pregado dia 14.10.2012

Efésios 2.8 (parte 2) - Por Meio da Fé Exposição em Efésios - Sermão pregado dia 14.10.2012 " Porque pela graça sois salvos,  por meio da fé ; e isto não vem de vós, é dom de Deus " (Ef 2.8 - ênfase minha). O santo apóstolo, por meio da inspiração divina que levou todos os Seus servos a escreverem suas cartas às igrejas, nos deixou evidente no início deste versículo que a salvação é única e exclusivamente pela graça de Deus. A graça não advém do livre arbítrio, não provém da sabedoria humana, do querer pecador ou das obras imundas que cometemos - ela vem por meio da graça, pois somente por ela é que somos salvos. Entretanto, Paulo continua a expandir este precioso ensinamento acerca da graça; isto é, ele não pontuou simplesmente que somos salvos pela graça, e sim indicou aos irmãos de Éfeso como essa graça é vista, reconhecida e experimentada em nossas vidas: " por meio da fé ". A fé, para as Escrituras, é muitíssimo diferente de um simples crer no e