Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014

Carta ao Osnildo - Um cristão que pensa em colocar seus pais no asilo

*A presente carta é de gênero fictício, embora contenha situações da vida real. Querido Osnildo, graça e paz. Obrigado por me escrever na semana passada e pelos convites enviados para o churrasco - tão breve seja possível desejo estar junto com tua família! Também lhe agradeço pela forma carinhosa com que você tem tratado os irmãos da igreja, de modo que muitos têm dado bom testemunho de sua conduta. Nesta breve carta pretendo lhe falar sobre aquele assunto que você comentou comigo, a saber, a possibilidade de colocar seus pais em um asilo. Lembro que tinhas comentado acerca de sua idade "um pouco mais avançada" (65, certo?), de ser filho único, de seus filhos já estarem criados e você não ter condições adequadas para sustentar seus pais, os quais atualmente recebem uma pequena aposentadoria do governo. Realmente é uma situação difícil. Sei de seu esforço durante estes anos com seus pais e que atualmente não vê outra solução, senão os colocar em um asilo. Me perm

O Cristão Pode Fumar Maconha?

Para uma análise de um tema tão capcioso e que a muitos têm confundido, não devemos nos basear em pesquisas e análises que ao longo dos anos foram produzidas; não porque elas sao inúteis, e sim porque não possuímos conhecimento o suficiente para julgar se tais experimentos estão certos. Para ilustrar, relembre quantas vocês já viu algum estudo dizendo que o café faz mal e depois outro de que faz bem; que vinho é bom para a saúde, mas que também ajuda a matar; que pessoas magras são mais saudáveis, mas que não é bom ser magro demais... As variações são inúmeras e por isso não nos ateremos a elas. Falar em "poder fumar maconha" envolve alguns temas importantes, como a suficiência das Escrituras  e o dever de cuidar de si próprio . Não nos delongaremos sobre a suficiência da Bíblia para os cristãos, vez que se este ponto não for aceito, de nada valerá a conversa; a Bíblia precisa ser a única regra de fé e conduta para todos, de maneira que se algum cristão não a tem c

"E Viu Deus que era Bom" - Uma Breve Análise Sobre a Beleza Pessoal

Quando separou a porção seca das águas, Deus viu que era bom (Gn 1.10); quando a terra produziu ervas e arvores frutíferas, Deus viu que era bom (Gn 1.12); quando os luminares foram postos, viu Deus que era bom (1.18); quando os animais marinhos e os que voam foram criados, viu Deus que era bom (Gn 1.21); quando os animais terrestres foram criados, viu Deus que era bom (Gn 1.25); quando finalmente criou homem e mulher e contemplou toda a criação, viu Deus que era muito bom (Gn 1.31). A Escritura nos ensina que a criação de Deus é boa, pois ela foi feita e esculpida pelo perfeito Ser. A criação é um grande reflexo da magnitude e sabedoria excelsa do Senhor. A razão para lermos sobre que Deus viu ser bom o que fazia, demonstra que Ele se deleitou em toda a Sua criação, vendo nela as características de Seu perfeito querer. Veio, todavia, o pecado e este manchou a criação de Deus - homens e mulheres agora carregam a semente da corrupção e a natureza geme em dores de parto, agu

A Restauração do Povo Judeu

Se por um lado temos alguns evangélicos que afirmam que amam o povo judeu de uma forma até mesmo exagerada, não compreendendo que a ordenança de orar pela paz em Jerusalém (Sl 122.6), primeiramente está ligada ao contexto do Salmo e, por conseguinte, se estende à toda Igreja e povo de Deus, do outro lado existem aqueles crentes que não se importam nem um pouco com os judeus - em verdade, muitas vezes os insultando e os tratando com desprezo, sob a alegação de que foram eles que mataram nosso Senhor Jesus Cristo. Ligado a estes dois extremos, reside uma pergunta: diante de tantas promessas no Antigo Testamento sobre a bênção de Deus sobre o Seu povo, a Bíblia nos revela alguma esperança para o povo judeu, no tocante à salvação de muitos? Para nos desvencilharmos desta dúvida, é preciso entendermos como e porque o evangelho chegou até os gentios. Como é de conhecimento geral, durante muito tempo os gentios (povos não-judeus) foram restringidos quanto à palavra da salvação - não