Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2010

O que é ser cheio do Espírito Santo?

Texto por Filipe Luiz C. Machado Pense um minuto consigo mesmo: quais são os frutos do Espírito Santo? Amor, paz, alegria e domínio próprio ou curas, bençãos e obras sobrenaturais? --- Não sou uma pessoa que costuma ver televisão. Mas volta e meia dou uma passada pelos canais e é claro que acabo passando por algum canal de algum famoso "pastor e/ou missionário". Eu não teria nenhum problema em ficar olhando esses canais, salvo pelo fato de que a grandissíssima maioria deles é feita e construída em cima de bençãos, curas e análises erradas e tendenciosas da bíblia. Percebo que nestes canais e também em seus jornais e revistas informativas, nos é constantemente informado que o crente verdadeiro é aquele que recebe tudo pela fé, é cheio de benção materiais e que faz obras sobrenaturais. Segundo estes, o crente cheio do Espírito Santo é extremamene espiritual. Ele ora e acontece, pede e recebe, determina e acontece! Mas cá entre nós, o que a bíblia nos fala a respeito des

Deus sempre responde nossas orações?

Texto por Filipe Luiz C. Machado Orar é uma prática comum entre os cristãos. Todos sabem que devem orar a Deus com fé e assim o fazem (ou deveriam fazer). Mas há um problema envolvido na oração: Deus sempre as responde? ----- A prática da oração sempre fui estimulada, ordenada por Jesus e proclamada pelos apóstolos - Clique e veja o texto sobre o versículo " orai sem cessar ". Durante toda minha caminhada cristã aprendi a orar e que orar é conversar com Deus. Me ensinaram que Deus sempre responde nossas orações e que quando pedimos com fé ele certamente nos responde. E em até certo ponto, creio dessa forma. Mas como todo cristão ficava conturbado ao ter minhas orações "negadas" e ao pensar que a culpa era sempre minha, pois se tivesse fé suficiente seria curado ou traria a cura a alguém pela qual eu estivesse pedindo. Por que Deus não me respondia? --- 1. "Deus sempre responde nossas orações" Essa frase é clássica e dificilmente acharemos um cr

Isaac Newton e os Falsos Mestres

Texto por Filipe Luiz C. Machado ----- Para quem não sabe ou não se lembra, hoje (4 de Janeiro) comemora-se o aniversário de Isaac Newton. Um breve biografia sobre ele: "Isaac Newton nasceu em Londres, no ano de 1643, e viveu até o ano de 1727. Cientista, químico, físico, mecânico e matemático, trabalhou junto com Leibniz na elaboração do cálculo infinitesimal. Durante sua trajetória, ele descobriu várias leis da física, entre elas, a lei da gravidade. " Fonte: http://www.suapesquisa.com/biografias/isaacnewton/ ----- Diante do célebre aniversário deste grande homem, devemos fazer um paralelo e compararmos sua vida e suas descobertas com muitos "pastores e mestres" da atualidade. A cada novo dia que surge, parece também surgirem novos pastores e profetas. O que não deixa de ser um fato bom, afinal, são mais pessoas pregando o evangelho e divulgando a palavra de Deus. Mas, e se esse evangelho que está sendo pregado não for o evangelho ensinado por Jesus e seu

Agostinho...

"Nas coisas essenciais, unidade; nas não-essenciais, diversidade". *só podemos nos unir com aqueles que não torcem nem negam a essência do evangelho. Não podemos andar de "mãos dadas" com pessoas que negam a mensagem teocêntrica do evangelho e/ou a distorcem para sem bel prazer. Respeitar é uma coisa, ser conivente é outra.