Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Existe diferença entre "Heresia" e "Erro teológico"?

Este blog já foi de textos mais longos - hoje, porém, sigo a linha "curto e direto", até porque são poucos que dediquem alguns minutos à leitura. Assim sendo, o texto a seguir será breve. Recentemente me perguntaram se existe diferença entre "heresia" e "erro teológico". O questionador, creio, tinha a intenção de verificar se é possível dizer que algumas coisas são frontalmente contrárias à palavra de Deus e Suas verdades essenciais, enquanto outras se enquadrariam, penso, em algum desvio da verdade, mas sem comprometer os sustentáculos do Reino. Respondendo à pergunta, sim, acredito que exista, no nível humano da compreensão, diferença entre estas duas coisas. Digo "humano", porque para Deus não existe "meia verdade" ou "pequena distorção da verdade", pois não vemos em Sua palavra, qualquer resquício de sombra de variação (Tg 1.17), não podendo, qualquer indivíduo, supor que o Senhor tolere máculas a Sua vontade.

10 princípios para maridos e pais cristãos

A maioria dos homens cristãos em círculos conservadores abraçam a verdade bíblica de que eles devem liderar suas famílias em Cristo. Embora a maioria abrace essa realidade e esteja convencida da sua necessidade, é igualmente verdade que a maioria de nós não tem certeza de como fazer isso. Poucos de nós cresceram em lares cristãos com pais cristãos fortes e piedosos para nos modelar. Como um marido e pai cristão lidera bem a sua família em Cristo? Eu sugiro que os princípios abaixo são um ponto de partida: Busque a santidade : essa é a chave para liderar as nossas famílias em Cristo. Um marido e pai cristão não pode liderar onde ele não pisou. Assim como Paulo admoestou Timóteo a respeito do pastorado, “ Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina ” (1 Timóteo 4.16), o mesmo se aplica ao “pastor” da casa. Se falta santidade em nossas vidas, então ela também faltará nos membros da nossa família. O maior impulso para o crescimento deles é o nosso próprio crescimento em Cristo. Reco