Pular para o conteúdo principal

Cuidado com o Breve Deleite e a Vergonha Perene



O Evangelho não visa a denunciar o prazer e a satisfação; na verdade, o Evangelho oferece alegria maior do que qualquer outra coisa a pode oferecer. Mas o Evangelho não se contenta em testar as ações somente através desse padrão único.

Deseja conhecer a natureza das alegrias ou prazeres, se da é boa, se é verídica e se é bela... Os homens e mulheres de hoje não gostam de usar os processos de raciocínio e discernimento. Quais crianças, desejam fazer o que gostam...

Por conseguinte, aborrecem a disciplina e a necessidade de enfrentar dificuldades. Fazem objeção à incomodidade de terem de enfrentar questões da verdade, do bem, do mal e da beleza. Fazem o que querem fazer, sempre estribados na idéia de que está certa a auto-expressão. Têm um único padrão de valores, o do prazer... Contemtam-se com um só teste — é agradável?... Não é ral atitude inteiramente suicida, a julgar pelo verdadeiro padrão da natureza humana?... se você deseja meramente satisfazer à concupiscência e a paixão pelo prazer, então que apele para o culto moderno. Porém, se você deseja que a totalidade do seu ser ganhe desenvolvimento e expressão, considere a sugestão antes exposta como sugestão feita pelo próprio inferno...

Entretanto... apliquemos o teste prático. Leia a Bíblia... Davi, o rei de Israel, mostrou seu lado melhor e mais elevado, expressando seu verdadeiro "eu" quando aplicou o teste único do prazer na questão de Bate-Seba, tendo-se feito, assim, ladrão e homicida? Agostinho deu mais fiel expressão a si mesmo, quando ainda era um filósofo imoral, ou depois, quando se tornou o crente disciplinado e fiel que ele foi?...

Medite sobre todos os membros do nobre exército de santos e mártires que se negaram a si próprios... e obedeceram ao ensino do Evangelho! Compare-os e contraste-os com os sensuais... libertinos da história... A maneira correta de expressar o próprio "eu" é o caminho da disciplina e da ordem, o caminho da razão e da oração... Você terá um "eu" que se expressará com dignidade e que se desenvolverá com o passar dos dias.

Truth Unchanged, Unchanging, p. 25-28.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A mulher deve se vestir de modo que nenhum homem venha pecar por sua causa

Muitas mulheres e moças atualmente perderam seu próprio valor e muitas mulheres cristãs não tem se dado conta disso - o que acaba por as levar se vestindo conforme o mundo tem ditado; isto é, a moda. Por que digo isso?  Tenho notado o quanto muitas mulheres e moças têm se iludido ao pensarem que é bonito usarem vestimentas que mostram todas as suas curvas, tais como: roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts e saias curtas e blusas decotadas. Mas, se fosse para ser  assim, Deus não teria vestido Adão e Eva como diz na Bíblia: " E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu " (Gênesis 3:21). Na palavra também está escrito: " Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras " (1 Timóteo 2:9-10). Noto ainda que muitas mulheres e moças usam roupas indecentes co

É pecado um casal de namorados dormir junto?

É pecado um casal de namorados dormir junto? - por Filipe Luiz C. Machado Recentemente um irmão em Cristo perguntou-me sobre a legitimidade - ou não - para um casal de namorados poder dormir junto. Confesso que esse é um ponto delicado, mas creio que - mais uma vez - as Escrituras nos revelam aquilo que devemos fazer. É importante notarmos, primeiro, sobre que tipo de situação nos rodeia. Uma coisa é um casal de namorados que viaja de avião e cuja aeronave cai no meio da floresta, restando poucos sobreviventes e ainda por cima, estavam na estação do inverno, o que implica dizer que necessariamente todos precisam dormir juntos - para se aquecer, caso contrário, morrerão. Mas é claro que essa é uma situação hipotética e nela seria perfeitamente coerente dormir junto, pois seria um pecado deixar alguém morrer de frio quando podia-se evitá-lo. Porém, mesmo a realidade dos namorados não é esta do avião, é a partir do dia-a-dia que as dúvidas surgem. Muitos namorad

Esposa, você vem concedendo a devida benevolência ao seu marido?

“ O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. A mulher não tem p oder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher. Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência. Digo, porém, isto como que por permissão e não por mandamento ” (1 Coríntios 7:3-6). Primeiramente, é importante mencionar que a pergunta feita neste artigo poderia destinar-se aos esposos cristãos, até porque alguns deles podem apresentar problemas neste sentido, porém, como creio que a dificuldade em praticar esta ordenança seja mais comum para nós mulheres, resolvi destinar a pergunta nesta direção. Muitos homens ao lerem “ Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade. Como cerva amorosa, e g