"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Um motivo bíblico pelo qual muitos não gostam de gatos (felinos)


Já de início desejo deixar registrado que a breve e presente reflexão é tão somente o que se propõe ser. Sob hipótese alguma estou advogando que aqueles que não gostam de felinos são "menos crentes" ou que estão em pecado - por favor, que ninguém pense isso. Também não estou dizendo que os que gostam de cachorros, passarinhos e tartarugas são pessoas que precisam se arrepender de suas condutas. Apenas quero deixar registrado que até mesmo as nossas escolhas por animais de estimação refletem um pensamento comum em absolutamente todos os homens: o orgulho

Sim, somos terrivelmente orgulhosos. Esse orgulho é muitas vezes imperceptível, como descreveu certo autor: "O orgulho é pecado. Quando a alma percebe seu orgulho e como isso ofende a Deus, logo percebe o perigo que está correndo. Assim, aplica suas forças na busca de humildade. Ao passar do tempo, vendo que está crescendo em humildade, logo, de maneira sutil e imperceptível, seu orgulho se manifesta, orgulhando-se de sua própria humildade" (Jonathan Edwards - 1703-1758).

Assim, muitas vezes ao escolhermos nossos animais de estimação, como o próprio nome sugere, estimamos uns em detrimento de outros. Isto é, por vezes escolhemos o cachorro para nossa companhia, pois ele nos traz algum bem, abana o rabo quando chegamos, obedece quando lhe damos ordens, é atencioso e cuida de nosso patrimônio. Gostamos dos pássaros porque podemos ver neles a beleza, a desenvoltura e graça ao voarem. As tartarugas encantam a muitos, pois seu jeito sereno e devagar de ser lhes ensina um série de  lições. Entretanto, não nos afeiçoamos com outros, a exemplo dos felinos, pois constantemente pensamos: "Que benefício este animal pode me fazer? Só dorme, come, suja a casa e me faz gastar dinheiro."

Desse modo, ainda que somente interiormente, revelamos o quão estamos propensos a buscarmos nosso próprio interesse e termos apenas nossas próprias satisfações atendidas. Estimamos os animais de acordo com as qualidades que nele gostamos e se podem nos trazer alguma recompensa, caso contrário são de imediato descartados. O apóstolo Paulo nos orientou sobre como o perigo de agirmos assim: "Ninguém busque o proveito próprio; antes cada um o que é de outrem" (1Co 10.24). Isto, portanto, como estamos vendo, é também verídico em relação aos animais, pois quantas são as vezes em que vemos animais abandonados e podemos cuidar de um, mas não o fazemos sob o preceito de que "eu não gosto daquele tipo de bicho, ele não me traria bem algum"?

Sendo isto verdadeiro com relação aos animais, que poderíamos dizer em relação aos homens e mulheres criados pelo Senhor, cujos em inúmeros momentos temos a oportunidade de lhes fazer o bem, mas não o fazemos, pois pensamos: "Ele nunca me ajudou... também não irei ajudá-lo."

Assim, penso que podemos refletir sobre que em todas as áreas de nossa vida habita o pecado, a discriminação e orgulho, de tal modo que necessitamos pedir ao Senhor para que não nos deixe odiar a Sua criação e nos dê um coração feliz por tudo que Ele criou, afinal, as Escrituras nos dizem que tudo o que respira louva ao Senhor - "Tudo quanto tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR" (Sl 150.6).

Comente com o Facebook:

9 comentários :

  1. Se eu pudesse eu te denunciaria não é só porque os gatos n trazem nada para a gente vcs só pensam se eles ajudam em alguma coisa n importa se ele não nos traz benefícios oque importa é o amor que a gente tem por aquele animal e o amor que ele tem pela gente tenho amigos que amam cachorros mais eles amam gatos também em só não gosto muito de cachorros pois tenho medo se eu perdesse este medo eu provavelmente gostaria e se você não gosta ninguém se importa outros gostam outros não mais vc tem que respeitar a nossa opinião é se for para desprezar esses animais que não gosta n deveria nem estar falando bem de outros pois nenhum deles são iguais n é por que ele só dorme se esfrega nas coisa é isso o cachorro é a mesma coisa e vc disse que ele abana o rabo e brinca e o cachorro é um animal que não raciocina muito bem como todos os animais o gato ele sobrevive a muitas coisas ele é um animal legal e amigável o cachorro pode transmitir doenças mais n quer dizer que estou criticando os cachorros eu só tenho medo e estou dizendo oque aprendi então se não respeita a opinião dos outros PARE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que você não entendeu o que o texto quis dizer... 'acho' não, tenho certeza! Leia novamente e verá que é justamente o contrário do que você está pensando: ele escreve em favor dos gatos, pois, injustamente, são os animais que suscitam aversão em um enorme número de pessoas (ridículo, mas infelizmente é verdade)!

      Excluir
    2. +Hora de Doidera MELHORE, PESSOA! O cara tá falando bem do gato, sabe ler não? Ele tá é defendendo os gatos, dizendo que devemos amá-los MESMO QUE eles não nos trouxessem beneficio nenhum. Haja analfabetismo, tá amarrado... Não é possível que vc tenha lido o texto, pq mds

      Excluir
  2. Quem disse q gatos nao fazen nada por nos e so gastam... eles sao os muitos limpos e em telacao a mim tenho 4 que rettebui seu imenso amor com carinhos a minha familia. Isso sem dizer q em telacao as pragas nao fica uma em minha casa. Como ratos, baratas aranhas. Eles nao deixam nenhum inseto em casa. Pois amo meus gatos e nao fico sem... eles ajudam a proteger a familia. Tem sentimentos e sao super carinhosos.

    ResponderExcluir
  3. Minha mãe não gosta de gato, pq diz ela que Jesus andando no deserto foi pedir água em uma casa, e o gato fez xixi na caneca e deu pra Jesus beber!
    Diz minha mãe que a avó dela q falava isso pra ela.
    Sinceramente eu não acredito!!!
    Todos os animais foram criados por Deus,então eu não vou deixar de gostar de gatos por causa de uma coisa q eu não sei se é verdade.
    Eu adoro animais!
    Ontem mesmo tinha uma cobra na minha varanda, meus três gatos ficaram em volta dela até alguém ver,
    Se n tivesse os gatos,ela poderia ter ido p debaixo do tanque,ou até p dentro da minha casa!
    Então não tenho pq odiar gatos!!!!

    ResponderExcluir
  4. Felipe não se justifique em seus textos. Não se explique. As pessoas são más e quando identificam este perfil de quem se importa com possíveis críticas a tendência é agredir pois gostam do prejuízo alheio. Faça seus argumentos embasados na palavra e não preocupe-se em agradar o homem. Ame as pessoas mas não necessite da aprovação e aceitação delas. Olhe para Jesus o quanto é humilde e o quanto foi condenado, julgado, agredido... Mas nunca quis convencer as pessoas sobre sua intenção porque Ele as ama mas não sofre abalo se elas o desaprovam ou rejeitam. Deus abençoe você, querido.

    ResponderExcluir

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin