"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

quinta-feira, 7 de junho de 2012

10 Breves Considerações acerca do "Tome sobre si a sua cruz, e siga-me"

10 breves considerações acerca do "tome sobre si a sua cruz, e siga-me" (Mt 16.24; Mc 8.34; Lc 9.23).

1. É uma cruz - não é um algodão doce ou um grande parque de diversões;
2. A cruz não é um objeto maleável ou fácil de se carregar;
3. Foi feita para crucificar o homem que a carrega, não a um amigo ou parente;
4. Seu peso dobra-nos diante da impotência e vergonha dos pecados;
5. Ela possui apenas duas direções: em direção aos céus e abrangendo o próximo;
6. Não é possível fixar-se nela sem a ajuda dos violentos pregos e amarras;
7. Uma vez crucificado a ela, não se é capaz de descer;
8. É uma ida sem volta - uma vez preso, se está ali para morrer;
9. Não há ninguém que possa crucificar-se sozinho, é necessário que alguém o faça;
10. Há um caminho determinado até a crucificação, deve-se morrer no lugar ordenado.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin