Pular para o conteúdo principal

Quando matar não é nem crime nem pecado


Quando matar não é nem crime nem pecado -
Por Fábio Correia

Ao contrário do que muitos pensam, o 6º mandamento - "Não matarás" - não é uma tácita e absoluta proibição de matar, independentemente da situação. Ou seja, em determinados casos não é pecado matar. Em determinadas situações é até necessário e recomendável matar.

Pode parecer paradoxal, mas o principal objetivo do 6º mandamento é proteger a vida. Sem essa Lei de Deus escrita e gravada no coração do homem não sobraria ninguém pra "contar a história". Ou seja, os homens se matariam uns aos outros. A proibição é para que o cidadão, individualmente, não tire a vida do outro de forma banal, isto é, para que ele não cometa assassinato, não faça justiça com as próprias mãos e sem um julgamento justo e competente.

Matar alguém significa sempre e necessariamente ter cometido um assassinato? Evidentimente que não. Isso parece já ter ficado claro. A palavra assassinato está diretamente relacionada a crime. Matar alguem em legítima defesa, por exemplo, não é um crime, logo, não é um assassinato. Mas há outras situações em que matar não se constitui nem crime nem pecado. Numa guerra justa, por exemplo, matar o inimigo também não constiui um erro, um crime, um pecado.

Para ilustrar o título dessa postagem, utilizaremos o desfecho trágico de uma tentativa de assalto a uma farmácia, na cidade de Garanhus, no agreste Pernambucano, no dia 14/03/11. Veja no dramático vídeo abaixo:



O policial que salvou a vítima e MATOU o marginal com um tiro certeiro na cabeça cometeu um assassinato? Incorreu no pecado contra o 6º mandamento, que ordena "não matar"? Evidentemente que não. Ninguém o acusará disso, antes, pelo contrário, o policial, provavelmente, será condecorado. Ele era um legítimo representante do Estado naquele momento. Essa morte não deve ser creditada na sua conta pessoal e sim na do Estado que nada mais estava fazendo que o seu papel de "proteger" a vida de seus cidadões.

O policial puxou o gatilho da arma, mas não cometeu nenhum crime. Nem mesmo incorreu em desobediência ao 6º mandamento. Erraria se fosse omisso e se essa omissão culminasse com o marginal tirando a vida da vítima. Isso deixa claro que nem sempre "matar é um crime ou pecado". Matar para proteger a própria vida, de uma vítima indefesa e de toda a coletividade é, inclusive, louvável.

Nesse sentido, chamamos a atenção para a legitimidade e responsabilidade do Estado em elimiar assassinos cruéis, frios e calculistas, após justo julgamento, prestigiando e protegendo a vida da coletividade. O filósofo Tomaz de Aquino costumava dizer que "assim como é justo amputar um membro do corpo que foi acometido por um câncer para salvar todo o resto, também justo é elimiar certos elementos para proteger e preservar toda a sociedade".

Por tudo isso e por entender que existe farta prova escriturística que ensina acerca da necessidade e da responsabilidade do Estado em proteger as pessoas, inclusive utilizando, se necessário, o "poder de espada", é que sou A FAVOR da implantação da PENA CAPITAL no Brasil, sem desconhecer, evidentemente, que mudanças precisariam ser feitas e, talvez, até mesmo outra constituição. Penso que é o único meio lícito de se promover e satisfazer o desejo de justiça nos casos de assassinatos com requintes de banalidade e crueldade. Matar e ficar "apenas preso", ainda que perpetuamente, definitivamente não é justiça na mesma proporção do crime praticado. Se quiser conhecer mais sobre o que a bíblia ensina sobre a PENA DE MORTE:

Comentários

  1. JOEL CARVALHO - BRASÍLIA - DF27 de fevereiro de 2016 11:47

    Em 2008, na cidade satélite de Ceilândia - DF, houve um caso semelhante de assalto com refém. O bandido foi morto por um policial do Comando de Operações Especiais da PMDF. Um detalhe: o policial é evangélico.

    ResponderExcluir
  2. Essa interpretação só poderia ser protestante!
    Não há um só versículo na Bíblia, pelo menos, no NT, que nos ensina matar, pra nos proteger!

    Pelos ensinamentos de Cristo, e dos apóstolos,"devemos morrer, se preciso for, matar, nunca!", como disse o nosso grande sertanista Mal. Cåndido Rondon!

    Pelos ensinamentos de Cristo, o amor é a única arma que devemos usar contra os males do mundo!

    Se todos os humanos fossem verdadeiramente cristãos justos, o mundo não precisaria de exércitos, e nem de polícias!
    As casas não precisariam de fechaduras, nem cadeados!
    Não haveriam ricos, nem pobres,mas, sim, pessoas felizes!

    Para mim, o mundo é assim!
    E, para você?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teu mundo não existe amigo(a). Leia a Bíblia que diz que o mundo jaz no maligno.

      Excluir
    2. pura merda que voce falou ...

      Excluir
    3. Sensacional, claro ,objetivo e óbvio só os imbecis gospel que condenam um cidadão que mata em legítima defesa, ou um policial que está cumprindo a lei.

      Excluir
    4. O mundo do Pokémon é assim! Acorda Deus deu a sua família pra vc proteger até com sua vida.os covardes não herdarão o reino de Deus.

      Excluir
    5. Nessa passagem de nunca matar e sim morrer nao faz menção ao evangelho não, voce fazer radicalismo como católicos fizeram nas guerras santas justificando que era em nome de Deus? Como outra religiões fazem também?
      Defender sua família não pode se o bem mais valioso de um ser é a família seja racional ou irracional...

      Excluir
    6. SE FOR POR ISSO, NEM DEUS TERIA SEU EXERCITO DE ANJOS COMO PROTEÇÃO. ACORDA... O MUNDO JÀS O MALIGNO. ENTÃO SE ALGUEM VIER MATAR TEU FILHO, VOCÊ VAI DEIXAR??? NÃO VAI TENTAR DEFENDE LO?

      Excluir
  3. Essa tua interpretação é aceitável se Adão e Eva não tivessem desobedecido a Deus. Mas quando eles desobedeceram a morte passou a entrar no mundo e fez se assim necessário uma correção para que todos não saíssem por aí matando qualquer um a toa como fez Lameque Gn 4:23

    ResponderExcluir
  4. Essa tua interpretação é aceitável se Adão e Eva não tivessem desobedecido a Deus. Mas quando eles desobedeceram a morte passou a entrar no mundo e fez se assim necessário uma correção para que todos não saíssem por aí matando qualquer um a toa como fez Lameque Gn 4:23

    ResponderExcluir
  5. Seu comentário seria aceito se Adão e Eva não tivessem desobedecido a Deus. Mas como pela desobediência de ambos entrou a morte no mundo fez se necessário uma lei que impedisse ou pelo menos tentasse impedir o homem de matar por qualquer motivo como fez Lameque em Gn 4:23

    ResponderExcluir
  6. "Irai-vos e não pequeis” (Ef 4:26), ninguém tem o direito de tirar a vida de seu próximo (conforme a ordem de Jesus), e vai estudar um pouco, porque matar alguém não significa legitima defesa e sim estado de necessidade. As leis do homem são cruéis as vezes e não é só porque o estado permite "matar" que Deus ira aceitar tbm.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vms lá para o N T

      👉Atos 25.11: Paulo, na sua defesa perante Festo, disse: "Se eu cometi algum erro e fiz qualquer coisa digna de morte, não recuso morrer".

      Observe que,
      ➡Paulo reconhece que existiam crimes dignos de morte.
      ➡Paulo informa que não ofereceria resistência ao recebimento da pena de morte.
      ➡Paulo, implicitamente, reconhece que alguma autoridade possuía o direito de condenar alguém à morte".
      👉Romanos 1.32: "... que são dignos de morte, os que tais coisas praticam..".
      ➡Paulo reconhece que existem pessoas "dignas de morte" dependendo dos atos praticados.
      Apocalipse 13.10: "Se alguém matar à espada, necessário é que à espada seja morto".
      ➡Em harmonia com a afirmação de Cristo, em Mateus 26:52, numa inferência de que o princípio de justiça da retribuição, continua válido no Novo Testamento.

      Excluir
    2. Mas Jesus disse devedei sua vida do impuro

      Excluir
    3. Quer Dizer Q Se Um PM Tá Na Troca De Tiros Ele Tem Q Deixar o Marginal o Matar é??
      O Negócio é o Seguinte, Só Torna Pecado Matar Se Caso For Banalmente o Ocorrido, Mas Se For Em Prol Da Sua Vida Não o Torna Pecado!!
      Porque No Tempo Dos Nossos Antepassados Eles Na Guerra Matavam, Mas Nunca Na Bíblia Eu Vi Ainda Uma Morte Sem 1° a 2° Pessoa Cometer Algo Que Possa Lhe Custar a Vida!!
      Nas Guerras Os Nossos Antepassados Matavam!!!
      É Certo Que Não Podemos Pegar Essa Minha Colocação e Sair Matando Porque Logo Será Pecado!!
      Mas Tipo, Um Ladrão Vier Assaltar Tua Casa Seriamente VC Pode Mata-lo Que Até Então Não Será Pecado!!
      Vlw Espero Ter Ajudado 😉 Rsrs

      Excluir
    4. Oi, existir a lei no livro dos levitas. Onde diz , se um ladrão invadir uma casa e o dono da casa ferir o ladrão e ele morrer , o dono da casa não terá culpa! Morrer por Cristo é coisa outra e deixar gatos e cachorros bagunça sua vida ou casa sem tomar atitude de coragem. Até Cristo deu chicotada nós comerciantes e ainda o chamou de ladrão. A Paz!

      Excluir
    5. Se o ladrão for achado roubando, e for ferido, e morrer, o que o feriu não será culpado do sangue.

      Êxodo 22:2

      Excluir
  7. Este hipócrita acima é um tremendo fanfarão. Defesa é algo natural, assim como comer, beber e durmir. Entre outras necessidades humanas. Defender a vida um bem precioso. Queria ver ele diante de um algoz, bandido, malfeitor que derepente se aproximasse e de posse de uma arma de fogo, faca ou pau; começasse partir pra cima dele. Se ele reagisse colocando a mão a frente, que corresse e por fim usa dos meios q tinha pra salvar sua vida e livrasse da dor.

    ResponderExcluir
  8. Então morra sem se defender, não é digno de defender seu bem mais precioso. Sua vida.

    ResponderExcluir
  9. Jesus Cristo não é só paz e amor não, ele é justiça tbm , sendo assim Deus está errado ??? Pq em apocalipse ele irá julgar e condenar a todos os q não se arrependeram!!

    ResponderExcluir
  10. Eu acho o seguinte. No mundo existe a maldade e se deixarmos tomar conta,o que seria do nosso planeta?
    Temos que proteger o planeta da maldade.

    ResponderExcluir
  11. Bem o governo eo principal motivo pra esses pecados, que o milha tanto os policiais quantos os professores desse país e as crianças e idosos ejoven e a população não pode fazer nada pra muda isso,uma tristeza..

    ResponderExcluir
  12. Bem o governo eo principal motivo pra esses pecados, que o milha tanto os policiais quantos os professores desse país e as crianças e idosos ejoven e a população não pode fazer nada pra muda isso,uma tristeza..

    ResponderExcluir
  13. Pena que só morre os bandido pobres a polícia tem medo de mata bandido rico , com as leis que esse país tem.

    ResponderExcluir
  14. 1 Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas.
    2 Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos.
    3 Pois os governantes não devem ser temidos, a não ser pelos que praticam o mal. Você quer viver livre do medo da autoridade? Pratique o bem, e ela o enaltecerá.
    4 Pois é serva de Deus para o seu bem. Mas se você praticar o mal, tenha medo, pois ela não porta a espada sem motivo. É serva de Deus, agente da justiça para punir quem pratica o mal.
    5 Portanto, é necessário que sejamos submissos às autoridades, não apenas por causa da possibilidade de uma punição, mas também por questão de consciência.
    6 É por isso também que vocês pagam imposto, pois as autoridades estão a serviço de Deus, sempre dedicadas a esse trabalho.
    7 Dêem a cada um o que lhe é devido: Se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor; se honra, honra.
    Romanos 13:1-7

    ResponderExcluir
  15. A melhor versão para Êxodo 20.13 é "não praticarás homicídio",e não "não matarás",porque estaria generalizando todo tipo de morte, a Bíblia nos limita apenas a pessoas civis como eu, toda autoridade governamental pode incluir no seu decreto se assim achar necessário a pena capital ou pena de morte,isso quem decide é a legislação de cada país, Jesus em nenhum momento foi contra a sua pena capital, mesmo sendo injusta, nem dos dois malfeitores que estavam aos seus lados,o apóstolo Paulo em Romanos 13 deixa bem claro que devemos obedecer as leis governamental para não sofrermos a punição constituída por ela, Pedro em sua primeira epístola no seu capítulo 2, versos 13 e 14 diz: Sujeitai-vos, pois, a toda ordenação humana por amor do Senhor; quer ao rei, como superior;
    Quer aos governadores, como por ele enviados para castigo dos malfeitores, e para louvor dos que fazer o bem.
    Paulo novamente se manifesta não ser contrário a uma pena capital justa em Atos 25.11 que diz: Se fiz algum agravo, ou cometi alguma coisa digna de morte, não recuso morrer; mas, se nada há das coisas de que estes me avisam, ninguém me pode entregar a eles; apelo para César.

    ResponderExcluir
  16. Por isso que digo que na versão João Ferreira de Almeida corrigida em Êxodo 20.13 "não matarás" vai contra toda a contextualização bíblica, a melhor versão é "não praticarás homicídio" ou assassinato, que está sujeito apenas a pessoas civis, não a autoridades governamentais como pena capital ou pena de morte, desde que tudo seja feito de acordo com a palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  17. Eu nunca vi na bíblia no novo testamento, pois o velho testamento era a lei , mas a graça de cristo é o que nos salva então se ele disse que se for necessario morrer que morramos, e se bater em uma face dê a outra, eu duvido muito que aquele que matar uma pessoa sabendo dos ensinamentos de cristo será salvo, acredito que tanto o bandido quanto aqueles que tirão suas vidas foram separados para o inferno, pois para ser limpo de mão e puro de coração não poderá te-las sujas com o sangue de alguem, tá escrito que todo o sangue derramado será cobrado isso referente a humanos, tambem está escrito :tudo Deus fez com um propósito até o impio para o dia do juízo. se você rouba e mata, certamente você não está escrito no livro da vida o quel foi escrito desde a fundação do mundo. e a graça de Deus não é pra quem quer nem pra quem corre atrás mas pra quem Deus compadece fonte: Bíblia sagrada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero ver você viver isso com a ameaça real de um bandido entrar em tua casa e te "pedir a outra face", ou a vida da tua esposa e filhos. Você necessita de do conhecimento do paralelo entre época da Lei e graça. Algo longo, tem artigos maravilhosos sobre isso, mas saiba, Jesus viveu NA íntegra a Lei de Moisés e trouxe LUZ ao "esboço da revelação", a qual Deus tinha dado a Moisés. Não deu completamente, pois a época não tinha elevado a nação de Israel a um nível de compreensão do que Deus iria propor com a revelação final vinda através de Jesus Cristo. A Palavra descreve o povo de Israel como um povo de duro coração. Por isso, muitas questões de Levítico e Deuteronômio são esclarecidas à medida que se ganha o conhecimento do novo testamento. existem muitas leis do Antigo Testamento que eram apenas uma prefiguração de uma realidade futura, que é Jesus Cristo (Novo Testamento). É como se Deus estivesse deixando migalhas de pão pelo caminho, que conduzissem aqueles que trilham o Antigo Testamento a chegar e a compreender melhor o Novo. O Velho Testamento ilustra o Novo, enquanto o Novo explica o Velho. Vide http://ateismorefutado.blogspot.com/2015/04/a-pena-de-morte-na-lei-do-antigo.html

      Jesus, como dito no último coment deste post, usou de muito simbolismo. Discordo totalmente da tua afirmação de que "foram separados para o inferno", afinal Jesus veio para libertar e salvar a todos, sem exceção. "Conhecereis a verdade e e a verdade libertará alguns, pois os outros foram separados ao inferno? Não. Deus acredita no arrependimento e espera isso de todos até o último segundo de vida. Se você está falando uma verdade, vários HERÓIS DA FÉ - como a própria Bíblia diz - você não os verá no céu, se você estiver por lá, afinal de contas muitos deles mataram; Abraão, Davi, Moisés, Paulo e muitos outros. O problema não é matar, está mais ligado à maldade do coração e legítima defesa não é maldade, longe disso. Muito cabal e inconsequente você afirmar que QUEM MATA não terá o nome no livro, totalmente descabido. A graça de Deus é para TODOS. A lei é para Israel, mas a graça alcançará a TODOS.

      Excluir
  18. A vida é o maior presente de Deus. Cada um de nos tem de cuidar da nossa vida. Mas se alguém vem tirar a minha vida ou a sua vida. Devemos lutar por esse direito que Deus nos deu. E se preciso for, matarei sim. É a minha vida ou a dele. E se alguem tiver com pena dos bandidos, levem pra dentro de sua casa. Leva eles pra vcs.

    ResponderExcluir
  19. Já pensou se Israel pensasse assim, hein? O estado islâmico(letras minúsculas, por ser igual ao diabo, ou seus seguidores, filhos de belial, que a Bíblia diz) já teria destruído o povo de Deus da terra! Legítima Defesa não é crime e nem pecado. Como Cristãos devemos suportar os insultos dos malvados, "tapa na cara", "palavrões" e etc... mas, no caso de preservarmos nossas vidas, aí passa ser uma obrigação defendê-la(a vida) a todo custo. Outra, o Estado, de acordo com Romanos, capítulo 13, do versículo 1 ao 4, deverá trazer a "espada vingadora" sobre o malfeitor da sociedade, está bem claro no Novo Testamento. "O MAL É DESTINADO À MORTE E O BEM É DESTINADO A VIVER ETERNAMENTE"!!! É minha humilde opinião. A paz de Cristo a todos!

    ResponderExcluir
  20. Já pensou se Israel pensasse assim, hein? O estado islâmico(letras minúsculas, por ser igual ao diabo, ou seus seguidores, filhos de belial, que a Bíblia diz) já teria destruído o povo de Deus da terra! Legítima Defesa não é crime e nem pecado. Como Cristãos devemos suportar os insultos dos malvados, "tapa na cara", "palavrões" e etc... mas, no caso de preservarmos nossas vidas, aí passa ser uma obrigação defendê-la(a vida) a todo custo. Outra, o Estado, de acordo com Romanos, capítulo 13, do versículo 1 ao 4, deverá trazer a "espada vingadora" sobre o malfeitor da sociedade, está bem claro no Novo Testamento. "O MAL É DESTINADO À MORTE E O BEM É DESTINADO A VIVER ETERNAMENTE"!!! É minha humilde opinião. A paz de Cristo a todos!

    ResponderExcluir
  21. Um duvida ..eu ajudei um crente evandelista..ele se fez de coitado .vitima da familia igreja .eu ajudei o cara.ele me deu um prejuizo de 8 mil reais.isso por que ele comprou comida com meu dinheiro abasteceu o carro dele etc..que dizer que eu nao posso matalo??

    ResponderExcluir
  22. Eu não deixaria vivo alguém qe tentar algo contra minha família😇

    ResponderExcluir
  23. Eu só sei que os Israelitas oravam a Deus para que ele os ajudasse a ANIQUILAR seus inimigos, e não para convertê-los às bos obras.

    ResponderExcluir
  24. No antigo testamento a legítima defesa é prevista, e Jesus veio para cumprir essa lei. O erro de muitos é isolar trechos da bíblia de todo o contexto bíblico, o que é também uma artimanha satânica.
    Quando Jesus veio ele falou muitas coisas, como "se teu olho te faz pecar arranque-o", ele também disse "vende tudo que tens e me segue", ele também disse que os falsos mestres coavam o mosquito e engoliam camelos. Será que ele queria realmente que arrancassemos os olhos em caso de pecado? Não, ele queria revelar a gravidade do pecado, e o quanto devemos evita-lo. Será o que ele disse de vender tudo é uma palavra dada a todos seus seguidores? Não, ele disse isso especificamente para o jovem rico. E os mestres falsos não estavam coando mosquitos e engolindo camelos, literalmente, na verdade Jesus falava sobre a hipocrisia deles...
    Jesus dalou sobre dar a outra face como parabóla, em que não devemos entrar em brigas, devemos evita-las o máximo. Mas ele mesmo não deixou de exortar a ponto de fazer um chicote para expulsar mercadores do templo, mostrando ser um pacificador real, não no modelo do mundo que na realidade não é pacificador e sim passivo, sem ação.
    A palavra fala que Jesus, antes de ir para o Getsêmani, falou para seus discípulos arrumarem espadas. E os discípulos arrumaram duas. Será que ele estava se contradizendo? Não. Ele não queria que os discípulos tentassem impedir sua morte, lançando mão da espada, mas eles deveriam se defender caso fosse preciso. Jesus mesmo só se entregou quando foi sua hora, antes varias vezes quiseram lhe apedrejar e em Lucas fala que levaram Jesus até um penhasco para joga-lo, mas ele não permitiu. Nisto fica claro que ele não era passivo de deixar que lhe fizessem o que quisessem.
    A bíblia fala, em Atos (novo testamento) que Deus ouviu a oração de um centurião romano, Cornélio, centurião, ou seja um homem de guerra. Ainda existem muitos exemplos semelhantes que comprovam que a legítima defesa é prevista no novo testamento. Ou no caso de você ver uma mulher apanhando na rua, você não vai tentar impedir o agressor, porque deve ser pacifista (segundo o modelo do mundo), onde está seu amor ao próximo, para com a mulher que apanha?
    Quando é dito em 1 e 2 Pedro, que devemos suportar o sofrimento, não é dito para sermos passivos, mas pacientes. Há uma diferença nos dois termos, um é um modelo equivocado implantado pelo inimigo. Eu acredito em um evangelho que pode ser crido e praticado por diferentes pessoas em diferentes situações, pois é um evangelho real, que está além de cultura. Ou seja, da mesma forma que um camponês pode seguir esse evangelho, o soldado que está na guerra também pode seguir.
    Nos lembremos que para vencer os nazistas por exemplo e acabar com o massacre Deus levantou exércitos, homens armasos, caso contrário a matança continuaria. Será que nosso evangelho não se aplica aqui?
    Se aplica perfeitamente, pois o verdadeiro amor não se alegra no mal, como diz a palavra. O problema é que satanas encheu a ideia da fé cristã com mentiras, mostrando demônios como seres fortes e terríveis e anjos como meninos gorduchinhos. Mostrando Jesus com uma face inespressiva, quando na verdade Jesus é descrito em Apocalipse 19 como um cavaleiro bem armado.

    ResponderExcluir
  25. Se o mandamento NÃO MATARAS é absoluto, então porque Deus criou as cidades de refúgio para quem matasse? A própria biblia revela que quem matasse em legítima defesa era considerado inocente. Num.35

    ResponderExcluir
  26. Se o mandamento NÃO MATARAS é absoluto, então porque Deus criou as cidades de refúgio para quem matasse? A própria biblia revela que quem matasse em legítima defesa era considerado inocente. Num.35

    ResponderExcluir
  27. Êxodo 22.2 ¨ SE UM LADRÃO FOR ACHADO ARROMBANDO UMA CASA E, SENDO FERIDO, MORRER, QUEM O FERIU NÃO SERÁ CULPADO DO SANGUE ¨.
    Sou Cristão e por este motivo é que sou a favor de proteger a minha casa e a minha família, somente neste caso!
    O nosso Senhor Jesus também nos deixou um ensinamento quase parecido com este. Mateus 24.43 ¨ MAS CONSIDERAI ISTO: SE O PAI DE FAMÍLIA SOUBESSE A QUE HORA VIRIA O LADRÃO, VIGIARIA E NÃO DEIXARIA QUE FOSSE ARROMBADA A SUA CASA ¨.
    Agora eu pergunto. Como que esse pai de família protegeria a sua casa, do ladrão? Como não deixar o ladrão arrombar e causar algum dano a família? Seria implorando ao ladrão que não cometesse dolo algum? Seria prometendo algo em troca? Desta forma simplesmente o pai de família teria que aceitar assistir a sua esposa e filhas sendo molestadas e ainda ver levando os seus bens que tanto suou a vida toda para construir e conseguir, neste casso se o ladrão não o matar primeiro. Por este motivo, sou a favor sim do cidadão de bem, seja ele Cristão ou não, de proteger a sua família e propriedade.
    Jesus nos ensinou neste versículo e nos anteriores deste texto, a exortação à vigilância. É verdade que essa vigilância, Ele estava se referindo a salvação da nossa alma e a vinda do Filho do Homem, ou seja: à sua volta. Portanto devemos estar em vigilância constante para não perdermos o bem mais precioso que é a salvação da nossa alma. Essa vigilância requer da nossa parte um sacrifício constante, todo dia vigiando as nossas atitudes, o nosso comportamento, os nossos pensamentos e aquilo que guardamos no nosso coração. Por não sabermos quando sucederá a volta de Cristo, mantenhamos essa vigilância que ele nos ensinou, fiquemos em alerta com os sinais, pois a qualquer momento Ele pode estar batendo a nossa porta. Ele também nos deixou quais os sinais que precederiam a sua volta.
    Jesus em sua infinita sabedoria fez essa comparação ao pai de Família. Se nos soubesse o dia e a hora que Ele virá nos buscar, seria fácil! Assim como esse pai de família iria fazer alguma coisa para por a salvo a sua casa. E nem precisa dizer como ele protegeria o seu lar.

    ResponderExcluir
  28. argumentar sem base nenhuma na biblia, só perdeu o tempo escrevendo isso amigo, já foi dido aqui muito, NÃO MATARÁS.....EU POREM VOS DIGO TODO AQUELE QUE MATAR SERÁ REU DE JUIZO....Jesus nos ensinou que amar o nosso próximo cumpre toda a lei, o AMOR, pow, as pessoas vem com essa de exemplos banais, e humanos para justificar a morte de alguem, ai dizem: se alguem está matando alguem da sua familia o que você faz? pow fala sério né...ai o infeliz ainda diz que mataria que está matando...realmente é difícil, mas Deus não prova os seus filhos muito além daquilo que ele não possa suportar

    ResponderExcluir
  29. Jesus mandou morrer por amor ao Evangelho e em defesa deste. Jesus não nos mandou morrer como cordeirinhos nas mãos de um vagabundo, ou assistirmos nossas mulheres sendo estupradas, quando isso não tem nada a ver com a defesa de seu nome e de sua Palavra!
    Como tem gente equivocada!
    A LEGÍTIMA DEFESA é um direito não só nas leis dos homens, mas um direito do cristão também, que está inserido na sociedade.

    ResponderExcluir
  30. Levíticos tem uma porção de mortes permitidas. Tem que interpretar algo ou entender assim como está escrito?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Postagens mais visitadas deste blog

A mulher deve se vestir de modo que nenhum homem venha pecar por sua causa

Muitas mulheres e moças atualmente perderam seu próprio valor e muitas mulheres cristãs não tem se dado conta disso - o que acaba por as levar se vestindo conforme o mundo tem ditado; isto é, a moda. Por que digo isso?  Tenho notado o quanto muitas mulheres e moças têm se iludido ao pensarem que é bonito usarem vestimentas que mostram todas as suas curvas, tais como: roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts e saias curtas e blusas decotadas. Mas, se fosse para ser  assim, Deus não teria vestido Adão e Eva como diz na Bíblia: " E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu " (Gênesis 3:21). Na palavra também está escrito: " Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras " (1 Timóteo 2:9-10). Noto ainda que muitas mulheres e moças usam roupas indecentes co

É pecado um casal de namorados dormir junto?

É pecado um casal de namorados dormir junto? - por Filipe Luiz C. Machado Recentemente um irmão em Cristo perguntou-me sobre a legitimidade - ou não - para um casal de namorados poder dormir junto. Confesso que esse é um ponto delicado, mas creio que - mais uma vez - as Escrituras nos revelam aquilo que devemos fazer. É importante notarmos, primeiro, sobre que tipo de situação nos rodeia. Uma coisa é um casal de namorados que viaja de avião e cuja aeronave cai no meio da floresta, restando poucos sobreviventes e ainda por cima, estavam na estação do inverno, o que implica dizer que necessariamente todos precisam dormir juntos - para se aquecer, caso contrário, morrerão. Mas é claro que essa é uma situação hipotética e nela seria perfeitamente coerente dormir junto, pois seria um pecado deixar alguém morrer de frio quando podia-se evitá-lo. Porém, mesmo a realidade dos namorados não é esta do avião, é a partir do dia-a-dia que as dúvidas surgem. Muitos namorad

A importância da Renúncia

Texto por Angela E. P. Machado ----- “E, pondo-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não defraudarás ninguém, honra a teu pai e tua mãe. Então, ele respondeu: Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude. E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me. Ele, porém, contrariado com esta palavra, retirou-se triste, porque era dono de muitas propriedades.” Marcos 10.17-22 Neste breve texto, vemos o reflexo daquilo em que os judeus acreditavam. Pensavam eles que as riquezas eram um sinal da aprovação de Deus e que os ricos teriam maiores possibilidades de serem salvos, ou seja, de alcançarem a vida etern