"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

domingo, 12 de junho de 2011

Quando matar não é nem crime nem pecado


Quando matar não é nem crime nem pecado -
Por Fábio Correia

Ao contrário do que muitos pensam, o 6º mandamento - "Não matarás" - não é uma tácita e absoluta proibição de matar, independentemente da situação. Ou seja, em determinados casos não é pecado matar. Em determinadas situações é até necessário e recomendável matar.

Pode parecer paradoxal, mas o principal objetivo do 6º mandamento é proteger a vida. Sem essa Lei de Deus escrita e gravada no coração do homem não sobraria ninguém pra "contar a história". Ou seja, os homens se matariam uns aos outros. A proibição é para que o cidadão, individualmente, não tire a vida do outro de forma banal, isto é, para que ele não cometa assassinato, não faça justiça com as próprias mãos e sem um julgamento justo e competente.

Matar alguém significa sempre e necessariamente ter cometido um assassinato? Evidentimente que não. Isso parece já ter ficado claro. A palavra assassinato está diretamente relacionada a crime. Matar alguem em legítima defesa, por exemplo, não é um crime, logo, não é um assassinato. Mas há outras situações em que matar não se constitui nem crime nem pecado. Numa guerra justa, por exemplo, matar o inimigo também não constiui um erro, um crime, um pecado.

Para ilustrar o título dessa postagem, utilizaremos o desfecho trágico de uma tentativa de assalto a uma farmácia, na cidade de Garanhus, no agreste Pernambucano, no dia 14/03/11. Veja no dramático vídeo abaixo:



O policial que salvou a vítima e MATOU o marginal com um tiro certeiro na cabeça cometeu um assassinato? Incorreu no pecado contra o 6º mandamento, que ordena "não matar"? Evidentemente que não. Ninguém o acusará disso, antes, pelo contrário, o policial, provavelmente, será condecorado. Ele era um legítimo representante do Estado naquele momento. Essa morte não deve ser creditada na sua conta pessoal e sim na do Estado que nada mais estava fazendo que o seu papel de "proteger" a vida de seus cidadões.

O policial puxou o gatilho da arma, mas não cometeu nenhum crime. Nem mesmo incorreu em desobediência ao 6º mandamento. Erraria se fosse omisso e se essa omissão culminasse com o marginal tirando a vida da vítima. Isso deixa claro que nem sempre "matar é um crime ou pecado". Matar para proteger a própria vida, de uma vítima indefesa e de toda a coletividade é, inclusive, louvável.

Nesse sentido, chamamos a atenção para a legitimidade e responsabilidade do Estado em elimiar assassinos cruéis, frios e calculistas, após justo julgamento, prestigiando e protegendo a vida da coletividade. O filósofo Tomaz de Aquino costumava dizer que "assim como é justo amputar um membro do corpo que foi acometido por um câncer para salvar todo o resto, também justo é elimiar certos elementos para proteger e preservar toda a sociedade".

Por tudo isso e por entender que existe farta prova escriturística que ensina acerca da necessidade e da responsabilidade do Estado em proteger as pessoas, inclusive utilizando, se necessário, o "poder de espada", é que sou A FAVOR da implantação da PENA CAPITAL no Brasil, sem desconhecer, evidentemente, que mudanças precisariam ser feitas e, talvez, até mesmo outra constituição. Penso que é o único meio lícito de se promover e satisfazer o desejo de justiça nos casos de assassinatos com requintes de banalidade e crueldade. Matar e ficar "apenas preso", ainda que perpetuamente, definitivamente não é justiça na mesma proporção do crime praticado. Se quiser conhecer mais sobre o que a bíblia ensina sobre a PENA DE MORTE:

Comente com o Facebook:

24 comentários :

  1. JOEL CARVALHO - BRASÍLIA - DF27 de fevereiro de 2016 11:47

    Em 2008, na cidade satélite de Ceilândia - DF, houve um caso semelhante de assalto com refém. O bandido foi morto por um policial do Comando de Operações Especiais da PMDF. Um detalhe: o policial é evangélico.

    ResponderExcluir
  2. Essa interpretação só poderia ser protestante!
    Não há um só versículo na Bíblia, pelo menos, no NT, que nos ensina matar, pra nos proteger!

    Pelos ensinamentos de Cristo, e dos apóstolos,"devemos morrer, se preciso for, matar, nunca!", como disse o nosso grande sertanista Mal. Cåndido Rondon!

    Pelos ensinamentos de Cristo, o amor é a única arma que devemos usar contra os males do mundo!

    Se todos os humanos fossem verdadeiramente cristãos justos, o mundo não precisaria de exércitos, e nem de polícias!
    As casas não precisariam de fechaduras, nem cadeados!
    Não haveriam ricos, nem pobres,mas, sim, pessoas felizes!

    Para mim, o mundo é assim!
    E, para você?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teu mundo não existe amigo(a). Leia a Bíblia que diz que o mundo jaz no maligno.

      Excluir
    2. pura merda que voce falou ...

      Excluir
  3. Essa tua interpretação é aceitável se Adão e Eva não tivessem desobedecido a Deus. Mas quando eles desobedeceram a morte passou a entrar no mundo e fez se assim necessário uma correção para que todos não saíssem por aí matando qualquer um a toa como fez Lameque Gn 4:23

    ResponderExcluir
  4. Essa tua interpretação é aceitável se Adão e Eva não tivessem desobedecido a Deus. Mas quando eles desobedeceram a morte passou a entrar no mundo e fez se assim necessário uma correção para que todos não saíssem por aí matando qualquer um a toa como fez Lameque Gn 4:23

    ResponderExcluir
  5. Seu comentário seria aceito se Adão e Eva não tivessem desobedecido a Deus. Mas como pela desobediência de ambos entrou a morte no mundo fez se necessário uma lei que impedisse ou pelo menos tentasse impedir o homem de matar por qualquer motivo como fez Lameque em Gn 4:23

    ResponderExcluir
  6. "Irai-vos e não pequeis” (Ef 4:26), ninguém tem o direito de tirar a vida de seu próximo (conforme a ordem de Jesus), e vai estudar um pouco, porque matar alguém não significa legitima defesa e sim estado de necessidade. As leis do homem são cruéis as vezes e não é só porque o estado permite "matar" que Deus ira aceitar tbm.

    ResponderExcluir
  7. Este hipócrita acima é um tremendo fanfarão. Defesa é algo natural, assim como comer, beber e durmir. Entre outras necessidades humanas. Defender a vida um bem precioso. Queria ver ele diante de um algoz, bandido, malfeitor que derepente se aproximasse e de posse de uma arma de fogo, faca ou pau; começasse partir pra cima dele. Se ele reagisse colocando a mão a frente, que corresse e por fim usa dos meios q tinha pra salvar sua vida e livrasse da dor.

    ResponderExcluir
  8. Então morra sem se defender, não é digno de defender seu bem mais precioso. Sua vida.

    ResponderExcluir
  9. Jesus Cristo não é só paz e amor não, ele é justiça tbm , sendo assim Deus está errado ??? Pq em apocalipse ele irá julgar e condenar a todos os q não se arrependeram!!

    ResponderExcluir
  10. Eu acho o seguinte. No mundo existe a maldade e se deixarmos tomar conta,o que seria do nosso planeta?
    Temos que proteger o planeta da maldade.

    ResponderExcluir
  11. Bem o governo eo principal motivo pra esses pecados, que o milha tanto os policiais quantos os professores desse país e as crianças e idosos ejoven e a população não pode fazer nada pra muda isso,uma tristeza..

    ResponderExcluir
  12. Bem o governo eo principal motivo pra esses pecados, que o milha tanto os policiais quantos os professores desse país e as crianças e idosos ejoven e a população não pode fazer nada pra muda isso,uma tristeza..

    ResponderExcluir
  13. Pena que só morre os bandido pobres a polícia tem medo de mata bandido rico , com as leis que esse país tem.

    ResponderExcluir
  14. 1 Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas.
    2 Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos.
    3 Pois os governantes não devem ser temidos, a não ser pelos que praticam o mal. Você quer viver livre do medo da autoridade? Pratique o bem, e ela o enaltecerá.
    4 Pois é serva de Deus para o seu bem. Mas se você praticar o mal, tenha medo, pois ela não porta a espada sem motivo. É serva de Deus, agente da justiça para punir quem pratica o mal.
    5 Portanto, é necessário que sejamos submissos às autoridades, não apenas por causa da possibilidade de uma punição, mas também por questão de consciência.
    6 É por isso também que vocês pagam imposto, pois as autoridades estão a serviço de Deus, sempre dedicadas a esse trabalho.
    7 Dêem a cada um o que lhe é devido: Se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor; se honra, honra.
    Romanos 13:1-7

    ResponderExcluir
  15. A melhor versão para Êxodo 20.13 é "não praticarás homicídio",e não "não matarás",porque estaria generalizando todo tipo de morte, a Bíblia nos limita apenas a pessoas civis como eu, toda autoridade governamental pode incluir no seu decreto se assim achar necessário a pena capital ou pena de morte,isso quem decide é a legislação de cada país, Jesus em nenhum momento foi contra a sua pena capital, mesmo sendo injusta, nem dos dois malfeitores que estavam aos seus lados,o apóstolo Paulo em Romanos 13 deixa bem claro que devemos obedecer as leis governamental para não sofrermos a punição constituída por ela, Pedro em sua primeira epístola no seu capítulo 2, versos 13 e 14 diz: Sujeitai-vos, pois, a toda ordenação humana por amor do Senhor; quer ao rei, como superior;
    Quer aos governadores, como por ele enviados para castigo dos malfeitores, e para louvor dos que fazer o bem.
    Paulo novamente se manifesta não ser contrário a uma pena capital justa em Atos 25.11 que diz: Se fiz algum agravo, ou cometi alguma coisa digna de morte, não recuso morrer; mas, se nada há das coisas de que estes me avisam, ninguém me pode entregar a eles; apelo para César.

    ResponderExcluir
  16. Por isso que digo que na versão João Ferreira de Almeida corrigida em Êxodo 20.13 "não matarás" vai contra toda a contextualização bíblica, a melhor versão é "não praticarás homicídio" ou assassinato, que está sujeito apenas a pessoas civis, não a autoridades governamentais como pena capital ou pena de morte, desde que tudo seja feito de acordo com a palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  17. Eu nunca vi na bíblia no novo testamento, pois o velho testamento era a lei , mas a graça de cristo é o que nos salva então se ele disse que se for necessario morrer que morramos, e se bater em uma face dê a outra, eu duvido muito que aquele que matar uma pessoa sabendo dos ensinamentos de cristo será salvo, acredito que tanto o bandido quanto aqueles que tirão suas vidas foram separados para o inferno, pois para ser limpo de mão e puro de coração não poderá te-las sujas com o sangue de alguem, tá escrito que todo o sangue derramado será cobrado isso referente a humanos, tambem está escrito :tudo Deus fez com um propósito até o impio para o dia do juízo. se você rouba e mata, certamente você não está escrito no livro da vida o quel foi escrito desde a fundação do mundo. e a graça de Deus não é pra quem quer nem pra quem corre atrás mas pra quem Deus compadece fonte: Bíblia sagrada

    ResponderExcluir
  18. A vida é o maior presente de Deus. Cada um de nos tem de cuidar da nossa vida. Mas se alguém vem tirar a minha vida ou a sua vida. Devemos lutar por esse direito que Deus nos deu. E se preciso for, matarei sim. É a minha vida ou a dele. E se alguem tiver com pena dos bandidos, levem pra dentro de sua casa. Leva eles pra vcs.

    ResponderExcluir
  19. Já pensou se Israel pensasse assim, hein? O estado islâmico(letras minúsculas, por ser igual ao diabo, ou seus seguidores, filhos de belial, que a Bíblia diz) já teria destruído o povo de Deus da terra! Legítima Defesa não é crime e nem pecado. Como Cristãos devemos suportar os insultos dos malvados, "tapa na cara", "palavrões" e etc... mas, no caso de preservarmos nossas vidas, aí passa ser uma obrigação defendê-la(a vida) a todo custo. Outra, o Estado, de acordo com Romanos, capítulo 13, do versículo 1 ao 4, deverá trazer a "espada vingadora" sobre o malfeitor da sociedade, está bem claro no Novo Testamento. "O MAL É DESTINADO À MORTE E O BEM É DESTINADO A VIVER ETERNAMENTE"!!! É minha humilde opinião. A paz de Cristo a todos!

    ResponderExcluir
  20. Já pensou se Israel pensasse assim, hein? O estado islâmico(letras minúsculas, por ser igual ao diabo, ou seus seguidores, filhos de belial, que a Bíblia diz) já teria destruído o povo de Deus da terra! Legítima Defesa não é crime e nem pecado. Como Cristãos devemos suportar os insultos dos malvados, "tapa na cara", "palavrões" e etc... mas, no caso de preservarmos nossas vidas, aí passa ser uma obrigação defendê-la(a vida) a todo custo. Outra, o Estado, de acordo com Romanos, capítulo 13, do versículo 1 ao 4, deverá trazer a "espada vingadora" sobre o malfeitor da sociedade, está bem claro no Novo Testamento. "O MAL É DESTINADO À MORTE E O BEM É DESTINADO A VIVER ETERNAMENTE"!!! É minha humilde opinião. A paz de Cristo a todos!

    ResponderExcluir

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin