"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Como quebrar os 10 mandamentos usando o Twitter, Orkut, Facebook...

Como quebrar os 10 mandamentos
usando o Twitter, Orkut, Facebook... -
Texto por Filipe Luiz C. Machado

1. "Não terás outros deuses diante de mim."

Orkut, Twitter, Facebook, MSN, Myspace e qualquer outra rede social pode nos levar a ter outros deuses além do Senhor. Quebram esse mandamento não somente os católicos romanos, espíritas, hinduístas ou outro grupo, mas qualquer cristão que dá mais valor às coisas terrenas do que ao criador. "Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém." (Rm 1.25).

2. "Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra."

O restante do mandamento nos diz: "Não te encurvarás a elas nem as servirás" (v.5), portanto, quebramos o segundo mandamento ao usarmos tais programas se passamos a servir mais à eles do que ao Deus verdadeiro. Também podemos violar esse mandamento quando desenhamos e colocamos fotos que tentem expressar terrenamente e fisicamente o Deus invisível.

3. "Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão."

O nome do Senhor é muitas vezes blasfemado quando encontramos "cristãos" que estão em comunidades ou rodeados de mensagens de amigos que nada trazem de cristã em sua essência e encontramos em tal perfil religioso o nome: "Cristão". O nome do Senhor é tomado em vão quando professa-se inutilmente uma fé inativa, destituída da verdade e sem obras. "Mas, ó homem vão, queres tu saber que a fé sem as obras é morta?" (Tg 2.20).

4. "Lembra-te do dia do sábado, para o santificar."

É dever de todo cristão lembrar-se do sábado do Senhor. Não como fazem alguns, mas da forma como a igreja primitiva executou - a troca do sábado pelo domingo. "Sabemos que os principais eventos da era cristã ocorreram no domingo: Jesus ressuscitou (Jo 20.1), Jesus apareceu aos dez discípulos (Jo 20.19), Jesus apareceu aos onze discípulos (Jo.26), o Espírito Santo desceu no dia de pentecostes, que era um domingo (Lv 23.15,16 - o dia imediato ao sábado), o primeiro sermão pregado por Pedro foi proferido, resultando em 3000 convertidos (At 2.14), em Trôade os crentes se ajuntaram para adorar (At 20.7), Paulo instruiu aos crentes para trazerem as suas contribuições (1Cr 16.2), Jesus apareceu e João em Patmos (Ap 1.10)". [1] Quebramos esse mandamento quando não descansamos no Senhor - no seu dia - e nos jogamos em frente ao computador para satisfazer nossos desejos e curiosidades frívolas.

5. "Honra a teu pai e a tua mãe."

Quando se desobedece ao pai e a mãe que pediram para se sair do computador e vir almoçar, jantar ou fazer qualquer outra coisa, quebramos esse mandamento. Quando difamamos nossos pais pela internet - reclamando e falando mal deles - e também nossos superiores (pois o mandamento abrange também nossos superiores), acabamos por quebrar o quinto mandamento. É dever do cristão prezar pela honra e boa fama de seus pais.

6. "Não matarás."

Embora a grandiosa maioria se afilie a tais programas sem nunca ter matado alguém, corre-se o risco de criar um ódio mortal por alguém ao ponto de desejar, maquinar e executar tal desejo. Com toda a certeza tal mandamento não é apenas quebrado nesses lugares, mas muitas vezes a facilidade para se esconder diante de um apelido ou nome falso, facilitam e podem levar à violação de tal mandamento.

7. "Não adulterarás."

Bem sabe-se que a internet é o grande vilão para todo homem e mulher - seja casado ou solteiro. Tais programas favorecem - e muitas vezes incentivam! - o adultério, o flerte "sem compromisso", a promiscuidade e os desejos carnais que não são benditos aos cristãos. Certamente o adultério (cônjuge casado que se enamora e tem relações com alguém que não é seu parceiro) é grandemente incentivado e pode vir a tornar-se grande pedra de tropeço para qualquer cristão sincero. "Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela" (Mt 5.28).

8. "Não furtarás."

Assim como os dois últimos mandamentos, este também não é obrigatório que aconteça em tais lugares, mas certamente pode vir a acontecer, pois o grande apelo que vemos pela beleza, riqueza e saúde exacerbada, podem nos levar à cogitarmos a possibilidade de praticarmos um pequeno furto em um supermercado, farmácia ou outro estabelecimento - tudo para nos parecermos com àquilo que as pessoas promovem e vemos ao nosso ao redor.

9. "Não dirás falso testemunho contra o teu próximo."

É lamentável vermos como tais redes e programas promovem brigas e contendas por coisas absolutamente inúteis e sem qualquer valor moral sincero. Muitas vezes tais redes sociais servem única e exclusivamente para se fofocar e falar mal do próximo, quando na verdade deveríamos ir ao próximo para conversarmos e expormos nossos problemas para com ele. Quebramos o nono mandamento quando falamos coisas inverídicas sobre alguém, quando pensamos determinadas coisas sobre alguém não sabendo se de fato é verdade e mesmo assim "compartilhamos" com o próximo. Quebramos tal mandamento quando caluniamos nosso próximo sem que ao menos ele possa defender-se e/ou pedir perdão.

10. "Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo."

Assim como tão terrível é caluniar o próximo, também podemos incorrer em grande erro quando usamos tais redes para ficar "apenas" olhando as fotos do próximo e desejando seus pertences - quando não sua mulher ou marido! Quebramos o décimo mandamento quando desejamos nos associar a determinadas pessoas apenas para termos acesso à suas informações pessoais e podermos ficar bisbilhotando sua vida e desejando tudo o que ele(a) tem e nós não temos.

Que Deus possa nos conceder graça, ousadia e um coração arrependido para não irmos além daquilo que ele determinou em sua palavra.

Nota:
[1] A Lei de Deus hoje, Solano Portela - Ed. Os Puritanos, pág. 88.

Fonte: O Cotidiano Cristão

Comente com o Facebook:

2 comentários :

  1. O artigo começou deturpando a verdade em relação aos católicos, ou seja, sobre o uso de imagens e o verdadeiro ensino do catecismo da Igreja... Lamentável...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo: lamentável é o uso de imagens, algo completamente proibido pelas Escrituras.

      Excluir

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin