Pular para o conteúdo principal

Carta a um Jovem Cristão que se diz Revolucionário


Carta a um Jovem Cristão que se diz Revolucionário -

por Filipe Luiz C. Machado

*A presente carta é de gênero fictício, embora contenha situações da vida real.
-----

Olá, Gerônimo.

Antes de mais nada, perdoe-me por meu estilo "velho" de escrever, pois há tempos já que assim escrevo e me é difícil escrever de outra forma.

Já temos conversado um pouco sobre o que é ser jovem no mundo atual e sobre o que significa ser um jovem cristão na atualidade. Mas penso que também seria benéfico que eu lhe colocasse alguns pormenores que talvez você não esteja a par.

É necessário notar que essa divisão entre recém-nascido, criança, pré-adolescente, adolescente, jovem e adulto é algo estranho às Escrituras. É estranho porque nos dias de hoje as atitudes das pessoas não são mais medidas pela coerência para com a bíblia, mas sim em sintonia com a sua faixa etária. Ou seja, o adolescente é rebelde, briga com os pais e é revoltado na escola não porque lhe falta leitura bíblica, oração e admoestação, mas porque é adolescente, faz parte da fase, é algo "natural".

Veja bem, Gerônimo. Essa divisão no crescimento do homem é muitas vezes perniciosa ao próprio homem, pois nos dá desculpas diante da falta de praticidade bíblica diária. Sim, concordo com o que você havia me dito que existem hormônios diferentes para cada fase da vida, contudo, isso não invalida o dever do homem crescer nos caminhos do Senhor. Certamente que ninguém conseguirá nascer e crescer sem pecar e sem errar, mas isso é bastante diferente do que vejo você e alguns amigos dizendo - que a rebeldia faz parte do jovem.

Entenda, meu amado, que na bíblia há apenas duas divisões: criança e adulto. Não há toda essa miscelânia de idades e tudo mais - mas por quê? Porque não é saudável para o cristão escusar-se de sua responsabilidade apenas porque disseram para ele [veja bem, nem ele sabe em que fase está - disseram para ele] que está na juventude e essa é uma fase difícil. Pois se fosse assim, como os jovens profetas da bíblia teriam se saído? Que dizer de Timóteo? Teriam sido eles jovens rebeldes?

Compreenda também que ser cristão já é ser um revolucionário. Amar pai e mãe, respeitar a professora, dar bom exemplo no trânsito, ser um bom empregado, pagar as contas em dia, viver uma vida de santidade, orar todos os dias, ler a bíblia regularmente, ir aos cultos sempre que possível, participar de atividades de caridade e outras coisas mais, são atos extremamente revolucionários.

Sei também de seu desejo de passar as madrugadas de sábado pela rua, conversando com seus amigos e ficando sentado na calçada tomando alguma coisa. Mas entenda, Gerônimo, que, embora essas coisas não sejam pecaminosas em si mesmas, revelam sua falta de maturidade e consciência do que é ser um homem cristão. Ora, você mesmo não se considera um jovem e advoga que está a cada dia mais próximo de se tornar um adulto? Como é então que você ainda vive como criança?

Lembro-me de você também ter comentado que sente dificuldade em participar dos cultos de sua igreja, pois para você eles parecem muito parados. Porém, eu conheço sua igreja e sei que ela tem seguido a sã doutrina. Concordo com você que em certas questões ela aparente ser um pouco "parada", mas o problema não está nela e sim em você. É necessário que você entenda que o culto não foi feito e jamais deverá ser feito para agradar você, seus amigos ou seja lá quem quer que for. O culto da igreja tem apenas um objetivo: glorificar a Deus. É por esse mesmo motivo que sua igreja não adere a tantas atividades modernas, pois compreende que o centro do culto é Deus e não o homem. Se você tem sentido difuldades para permanecer "acordado" durante o culto, sugiro que medite no que lhe escrevi acima.

Portanto, gostaria que você refletisse sobre essas pontos, pois não somente você, mas muitos ao seu redor são influenciados por essa maneira de viver. Se você deseja ser um cristão revolucionário, sossegue-se um pouco e guarde suas energias para o obra do Senhor. Quer sair nas madrugadas de sábado? Saia, mas utilize-a para a expansão do Reino de Deus. Leve as boas novas do evangelho aos seus amigos que se encontram perdidos por aí, utilize-se dessa "falta de sono" que você tem e compartilhe do evangelho com os seus. Apenas peço: não desperdiçe sua Vida.

Em Cristo e para a progressão do Seu reino,
Filipe Luiz C. Machado

Comentários

Postar um comentário

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Postagens mais visitadas deste blog

A mulher deve se vestir de modo que nenhum homem venha pecar por sua causa

Muitas mulheres e moças atualmente perderam seu próprio valor e muitas mulheres cristãs não tem se dado conta disso - o que acaba por as levar se vestindo conforme o mundo tem ditado; isto é, a moda. Por que digo isso?  Tenho notado o quanto muitas mulheres e moças têm se iludido ao pensarem que é bonito usarem vestimentas que mostram todas as suas curvas, tais como: roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts e saias curtas e blusas decotadas. Mas, se fosse para ser  assim, Deus não teria vestido Adão e Eva como diz na Bíblia: " E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu " (Gênesis 3:21). Na palavra também está escrito: " Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras " (1 Timóteo 2:9-10). Noto ainda que muitas mulheres e moças usam roupas indecentes co

É pecado um casal de namorados dormir junto?

É pecado um casal de namorados dormir junto? - por Filipe Luiz C. Machado Recentemente um irmão em Cristo perguntou-me sobre a legitimidade - ou não - para um casal de namorados poder dormir junto. Confesso que esse é um ponto delicado, mas creio que - mais uma vez - as Escrituras nos revelam aquilo que devemos fazer. É importante notarmos, primeiro, sobre que tipo de situação nos rodeia. Uma coisa é um casal de namorados que viaja de avião e cuja aeronave cai no meio da floresta, restando poucos sobreviventes e ainda por cima, estavam na estação do inverno, o que implica dizer que necessariamente todos precisam dormir juntos - para se aquecer, caso contrário, morrerão. Mas é claro que essa é uma situação hipotética e nela seria perfeitamente coerente dormir junto, pois seria um pecado deixar alguém morrer de frio quando podia-se evitá-lo. Porém, mesmo a realidade dos namorados não é esta do avião, é a partir do dia-a-dia que as dúvidas surgem. Muitos namorad

A importância da Renúncia

Texto por Angela E. P. Machado ----- “E, pondo-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não defraudarás ninguém, honra a teu pai e tua mãe. Então, ele respondeu: Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude. E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me. Ele, porém, contrariado com esta palavra, retirou-se triste, porque era dono de muitas propriedades.” Marcos 10.17-22 Neste breve texto, vemos o reflexo daquilo em que os judeus acreditavam. Pensavam eles que as riquezas eram um sinal da aprovação de Deus e que os ricos teriam maiores possibilidades de serem salvos, ou seja, de alcançarem a vida etern