Pular para o conteúdo principal

Posso ter uma televisão em casa?

Texto por
Filipe Luiz C. Machado
-----

Ouso que dizer que será difícil - nos dias atuais - encontrarmos alguma casa que não tenha alguma televisão, seja na sala, no quarto ou até mesmo na cozinha. O fato que aqui precisamos abordar não é se a televisão é pecado ou não, mas se ela pode nos afastar de Cristo em decorrência do pecado por ela proporcionado.

Desejo deixar claro que o objetivo de tais motivos não é dizer que a pessoa ou família que tem uma televisão em casa é o pior dos pecadores, apenas alertar sobre os perigos de se ter tal aparelho eletrônico (assim como poderíamos falar de muitas outras coisas domésticas).

Deixo abaixo quatro bons motivos para não ser ter televisão em casa e um bom motivo para caso você queira mantê-la ainda em sua casa - pois não consigo achar muito mais que isso, haja vista muito mais perigos que ela nos oferece.

Bons para motivos para não se ter televisão.

1. Somos exortados a não colocarmos coisa má diante de nossos olhos.

"Não porei coisa má diante dos meus olhos. Odeio a obra daqueles que se desviam; não se me pegará a mim" (Sl 101.3). O salmista aqui expressa que não se achegará a coisa alguma que possa lhe ser nocivo e levar-lhe a afastar-se de Deus. Não é necessário explanarmos sobre que não havia televisão naquela época, contudo, se já nos tempos primórdios os cristãos sinceros buscavam se afastar do pecado, quanto mais nós, homens e mulheres do século vinte e um e que estamos rodeados e quase soterrados de tanta tecnologia - as vezes útil, as vezes inútil. Caso queira ler mais sobre esse versículo e seu contexto, clique aqui.

2. Devemos nos afastar de toda a aparência do mal.

"Abstende-vos de toda a aparência do mal" (1Ts 5.22). Paulo aqui está tratando e exortando os irmãos a permanecerem firmes e vigilantes em sua fé, não desejando que nenhum deles venha a perecer durante sua caminhada. De forma semelhante, também somos instados a nos afastarmos de tudo que tem mera aparência do mal. Observemos que Paulo não sugere que aqueles cristãos cheguem o mais próximo do mal que puderem, mas justamente o contrário: que fiquem o mais longe que puderem!

3. Precisamos estar em constante vigia.

"Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar" (1Pe 5.8). As palavras de Pedro não nos permitem titubearmos diante do mal eminente. As grandes tecnologias inventadas pelos homens, muitas vezes acrescentam apenas maiores condições para pecarmos - não que em si essas tecnologias sejam um pecado, mas a facilidade para obtermos informação e o acesso à televisão em todos os cantos do planeta, certamente podem ser armadilhas para que caiamos e pequemos contra o Deus santo - seja num filme, seja em algum comercial.

4. Nossos filhos devem ser ensinados nos caminhos do Senhor.

"Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele" (Pv 22.6). As sagradas escrituras nos ensinam que o método adequado para termos filhos saudáveis não é a psicologia humana ou a filosofia transcendental, mas a palavra de Deus. O presente provérbio nos diz para educarmos as crianças no caminho do Senhor e traz a promessa de que elas não se desviarão dele. Não cabe a nós julgarmos tal provérbio como inverídico, apenas porque encontramos crianças criadas dentro da igreja e que hoje estão fora. Certamente que quando a palavra de Deus é corretamente ministrada - e constantemente - ao coração da criança, Deus a fará trilhar seus santos caminhos. Ao contrário do mandamento bíblico, o que temos hoje são crianças que passam o dinheiro inteiro em frente à televisão e sequer leem a bíblia - ou a leem com raridade - antes de dormirem ou em outro momento. Os pais já quase não se sentam com as crianças e às catequizam, pelo contrário, deixam-as aproveitarem as baboseiras e frivolidades deste mundo vil.

Um bom motivo para se ter televisão.

1. Somos chamados para fazermos tudo para a glória de Deus.

"Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus" (1Co 10.31). A bíblia é enfática ao dizer que devemos fazer tudo - sim, absolutamente tudo - para a glória de Deus. Tudo aquilo que não fazemos para glorificar o seu nome - e consequentemente sem fé - é pecado. Existem bons filmes - são raros, devemos reconhecer isso - que nos trazem deleite temporário e bons documentários que podem acrescentar mais conhecimento à nossa admiração pela complexidade do mundo criado pelo Senhor. Também a televisão nos fornece muitos jornais diários que nos informam sobre o que está se passando pelo mundo. Aqui, novamente, é necessário enfatizar que passa-se na televisão o que se quer que o povo saiba e não o que realmente acontece.

Portanto, que sejamos sábios e busquemos diligentemente a face do "criador, que é bendito eternamente. Amém" (Rm 1.25).

Fonte: O Cotidiano Cristão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A mulher deve se vestir de modo que nenhum homem venha pecar por sua causa

Muitas mulheres e moças atualmente perderam seu próprio valor e muitas mulheres cristãs não tem se dado conta disso - o que acaba por as levar se vestindo conforme o mundo tem ditado; isto é, a moda. Por que digo isso?  Tenho notado o quanto muitas mulheres e moças têm se iludido ao pensarem que é bonito usarem vestimentas que mostram todas as suas curvas, tais como: roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts e saias curtas e blusas decotadas. Mas, se fosse para ser  assim, Deus não teria vestido Adão e Eva como diz na Bíblia: " E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu " (Gênesis 3:21). Na palavra também está escrito: " Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras " (1 Timóteo 2:9-10). Noto ainda que muitas mulheres e moças usam roupas indecentes co

É pecado um casal de namorados dormir junto?

É pecado um casal de namorados dormir junto? - por Filipe Luiz C. Machado Recentemente um irmão em Cristo perguntou-me sobre a legitimidade - ou não - para um casal de namorados poder dormir junto. Confesso que esse é um ponto delicado, mas creio que - mais uma vez - as Escrituras nos revelam aquilo que devemos fazer. É importante notarmos, primeiro, sobre que tipo de situação nos rodeia. Uma coisa é um casal de namorados que viaja de avião e cuja aeronave cai no meio da floresta, restando poucos sobreviventes e ainda por cima, estavam na estação do inverno, o que implica dizer que necessariamente todos precisam dormir juntos - para se aquecer, caso contrário, morrerão. Mas é claro que essa é uma situação hipotética e nela seria perfeitamente coerente dormir junto, pois seria um pecado deixar alguém morrer de frio quando podia-se evitá-lo. Porém, mesmo a realidade dos namorados não é esta do avião, é a partir do dia-a-dia que as dúvidas surgem. Muitos namorad

A importância da Renúncia

Texto por Angela E. P. Machado ----- “E, pondo-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não defraudarás ninguém, honra a teu pai e tua mãe. Então, ele respondeu: Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude. E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me. Ele, porém, contrariado com esta palavra, retirou-se triste, porque era dono de muitas propriedades.” Marcos 10.17-22 Neste breve texto, vemos o reflexo daquilo em que os judeus acreditavam. Pensavam eles que as riquezas eram um sinal da aprovação de Deus e que os ricos teriam maiores possibilidades de serem salvos, ou seja, de alcançarem a vida etern