"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

A diferença entre Monergista, Calvinista e Reformado


A diferença entre Monergista, Calvinista e Reformado -
por Filipe Luiz C. Machado


Muitas pessoas acabam confundindo os termos acima, por isso desejo - de maneira breve - explicá-los. Sei que algums não concordarão com as definições abaixo, mas para esses, peço que primeiro ponderem a reconheçam que há sim uma diferença entre essas três forma de ver a vida cristã.


Monergista: É o indivídio cristão que crê na soberania de Deus, crê que Ele é quem efetua "tanto o querer como o realzar", crê que o homem é depravado, crê que somente alcançará a salvação por meio de Jesus Cristo e ainda outras coisas relacionadas a esses tópicos. O monergista é aquele indivíduo pecador e que foi convencido pelo Espírito Santo de que necessita constantemente estar aos pés da cruz. Em poucas palavras, ele é um cristão.

Calvinista: Todo calvinista tem fontes monergistas, pois necessariamente tem de acreditar nos pontos supracitados, caso contrário, nega a fé que professa. Porém, além de crer nos pontos acima, o calvinista crê e conhece os pontos defendidos por Calvino e outros grandes escritores da época. A diferença mais notável entre o calvinista e o monergista é que o primeiro apega-se e conhece mais daquilo que Calvino e os grandes escritores escreveram, enquanto o segundo crê nas doutrinas da graça, mas desconhece alguns pormenores dela.

Reformado: Assim como todo calvinista é monergista, todo reformado tem de ser calvinista e monergista, pois são duas linhas que vem antes do ser reformado. O reformado é alguém que crê nas doutrinas da graça, mas não somente isso, enxerga na Reforma Protestante e principalmente nos puritanos, um modelo de piedade a ser seguido. O reformado é o indivíduo que espelha-se nos puritanos de maneira a querer seguir seus bons exemplos em tudo o que faz. Não que os outros - calvinistas e monergistas - não queiram isso, mas esse está mais seriamente comprometido para com a doutrina puritana.

É importante notar que, embora as definições acima não tenham o objetivo de "graduar" os cristãos, quanto mais entendemos e conhecemos a palavra de Deus, mais perto vivemos dos Seus propósitos e mais O glorificamos em nossas vidas.

Dito isso, convido todos os leitores a trilharem um caminho da piedade para honra e glória de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Ótimo comentário... Sem agredir ninguém muito bom...

    ResponderExcluir
  2. Só o reformado que tenho minhas duvidas se essa é a melhor definição, pq com ela Lutero não era reformado? Ou Calvino ou Zwinglio sei lá só pensando.

    ResponderExcluir
  3. Discordo do autor. O termo "reformado" é muito mais abrangente, posto que houveram diversos reformadores que não professavam a soteriologia calvinista. Logo, se alguns dos teólogos do século XVI, figuram no rol dos reformadores e não eram calvinistas, conclui-se que o calvinismo está contido dentro da reforma (e não o contrário). Sendo assim, parece óbvia a conclusão de que todas as igrejas com origem na reforma protestante são igrejas reformadas - sejam elas arminianas, calvistas ou compatibilistas.

    ResponderExcluir

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin