"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Somente o Espírito Santo Capacita o Crente a Perseverar em Oração - John Bunyan


Bunyan destaca que somente o Espírito pode capacitar o crente a perseverar em oração depois de haver começado:

Posso falar de minha própria experiência e, com base nisso, contar-lhe a dificuldade de orar a Deus como deveria. Isso é suficiente para fazer homens carnais, pobres e cegos entreterem pensamentos estranhamos a meu respeito. Quanto ao meu coração, quando vou orar, acho-o tão relutante em buscar a Deus; e, quando está na presença de Deus, se mostra tão relutante em permanecer com ele, que muitas vezes sou forçado, em minhas orações, a primeiramente implorar a Deus que pegue o meu coração e fixe-o nele mesmo, em Cristo; e, quando meu coração está ali, peço a Deus que o mantenha ali (Sl 86.11). Ora, muitas vezes, não sei pelo que orar (sou tão cego), nem sei como orar (sou tão ignorante). Somente o Espírito (bendita graça) nos assiste em nossas fraquezas (Rm 8.26).

Oh! quantas dificuldades iniciais o coração experimenta no tempo de oração! Ninguém sabe quantas distrações e desvios levam o coração a se afastar da presença de Deus. Quanto orgulho também há, se somos capacitados com expressividade? Quanto (sic) hipocrisia, se estamos diante dos outros? E quão pouca consciência temos da oração entre Deus e a alma, em secreto, se o Espírito de súplica (Zc 12.10) não estiver ali para nos ajudar?

Por John Bunyan (autor de O Peregrino), citado por Joel R. Beeke
Fonte: Vivendo para a Glória de Deus, Uma Introdução a Fé Reformada - Ed. FIEL, págs. 184-185.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin