"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

sexta-feira, 19 de julho de 2013

O cristão pode ser um 'modelo' da moda?


Antes de tudo, esta breve reflexão não tem por intento atacar qualquer pessoa em específica, embora seja motivada por uma situação real. Faço esta ressalva, de modo que ninguém credite intensão alheia ao que me propus. O objetivo é somente um: verificar, se de acordo com 1Co 10.31 - "Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus" -, é possível ser um modelo para a glória de Deus.

É preciso notar um ponto sumário: "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" (Jr 17.9). Terríveis coisas maquinamos em nosso coração, de maneira que precisamos ser cuidadosos em nossos apontamentos, a fim de não extravasarmos o ideal bíblico e inferirmos erroneamente sobre o próximo.

Para se entender sobre a licitude ou não de um cristão ser participante no mundo da moda, figurando como "modelo", algumas proposições precisam ser lançadas. Não são afirmações, somente perguntas, para que o leitor, por si mesmo e mediante as Escrituras, chegue à correta conclusão. São elas:

1. A Bíblia nos diz: "A candeia do corpo é o olho. Sendo, pois, o teu olho simples, também todo o teu corpo será luminoso; mas, se for mau, também o teu corpo será tenebroso" (Lc 11.34). Diante disso, precisamos nos perguntar: qual a motivação para alguém desejar ser "modelo"? Seria, porventura, o desejo de ser olhado, cobiçado e quase que venerado por sua forma ou peculiaridade física? Nos homens, ser visto por causa de algum traço marcante e na mulher devido às formas corporais? Seria lícito levar inúmeras pessoas a serem tentadas?

2. Está escrito: "Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada" (Pv 31.30). Quais são as intenções do coração de um aspirante ou já "modelo"? Acaso seria fixar-se na enganosa beleza e vã formosura, as quais passam apressadamente? Acaso os pressupostos da "moda" não são a exaltação do corpo, em detrimento do coração?

3. "O solteiro cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor; Mas o que é casado cuida das coisas do mundo, em como há de agradar à mulher. Há diferença entre a mulher casada e a virgem. A solteira cuida das coisas do Senhor para ser santa, tanto no corpo como no espírito; porém, a casada cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido" (1Co 7.32-24 - grifos acrescentados). A Palavra de Deus prescreve que tanto homem como a mulher, sendo solteiros ou casados, possuem pontos importantes a serem praticados e tudo diz respeito ao Senhor. Todavia, Deus preceitua (enfatizando o lado feminino, mas não descartando o masculino) que a mulher deve ser "santa, tanto no corpo como no espírito". Poderia, então, alguém figurar de "modelo" sem violar o aspecto bíblico de que o corpo pertence somente ao Senhor e ao cônjuge? Como seria possível vestir-se adequadamente segundo os padrões bíblicos? (Acerca das vestimentas, clique aqui para ler um estudo sobre a modéstia cristã no vestir.)

4. "Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo" (Êx 20.17). Toda afirmação contém, em si mesma, a negativa daquilo que afirma, isto é, ao se afirmar alguma coisa, tudo o que é contrário é implicitamente proibido. Seria plausível alguém ser modelo e não ser alvo de cobiça? Bem é verdade que não se cobiça apenas os/as "modelos", mas esta profissão não inclui uma exacerbação deste pecado? O que é levado em conta nesta profissão: a estética ou a lealdade ao Senhor e um espírito santo?

5. "Não dirás falso testemunho contra o teu próximo" (Êx 20.16). Este puro mandamento do Senhor não inclui somente a mentira objetiva, e sim proíbe toda sorte de maledicências que visem ludibriar o alheio, levando outrem a ser persuadido de algo que não é verdadeiro. Quantas pessoas conhecemos que são atraídas à luxúria e glamour devido às propagandas? Quantos são levados à falsa sensação de que são "feios", "gordos", "magros" ou qualquer outro adjetivo por causa da indústria da moda? Quantas mulheres se sentem "deprimidas" porque não possuem o corpo idealizado pelos preponentes da moda?

Diante disso, caro leitor, algumas respostas podem ser dadas e você mesmo pode aferir quais são. 

Desta forma, compreendemos não ser pecado tirar fotos (todos nós tiramos, não é mesmo?) ou vestir uma roupa para que alguém veja se ela está no tamanho correto (alguém do mesmo sexo ou o cônjuge). Até mesmo não é pecado tirar fotos para algum catálogo com roupas modestas e de acordo com os princípios da Escritura (leia o estudo acima elencado). A questão que estamos tratando é da não licitude de se desfilar (salvo se você puder fornecer justa e adequada razão sobre como isso glorifica a Deus - me escreva, por favor, pois posso estar errado), vestir roupas que marquem o corpo e, literalmente, se fantasiar para agradar os olhos da carne.

Talvez alguém exclame: "Mas, se a 'moda' acabar e os/as 'modelos' cessarem suas carreiras, a economia entrará em colapso e muitas pessoas estarão desempregadas!". Responderei triplamente: a uma, que não é verdade que a economia entrará em declínio; a duas, que a moda é passageira e podemos fazer algo melhor que este mercado pervertido; a três, que é falaciosa a ideia de que ficarão sem emprego, pois existem muitas outras frentes de trabalho.

Possamos, segundo a graça de Deus, prosseguir no ideal bíblico, sem, contudo, esmagar a cana quebrada e apagar o pavio que fumega (Mt 12.20 - donde aprendemos a ser gentis e buscar a restauração, em vez da destruição): "Mais importa obedecer a Deus do que aos homens" (At 5.29).

Que Deus nos abençoe e leve Seu povo a uma vida cada vez mais santa.

Comente com o Facebook:

2 comentários :

  1. Eu queria ser modelo mais eu sempre imaginei que isso desagradaria a DEUS por conta de tudo isso que você falou, então pedi para ele remover essa vontade do meu coração.

    ResponderExcluir
  2. Idiotice. Sou cristã e ainda tenho o sonho de ser modelo.

    ResponderExcluir

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin