O cristão pode ser um 'modelo' da moda?


Antes de tudo, esta breve reflexão não tem por intento atacar qualquer pessoa em específica, embora seja motivada por uma situação real. Faço esta ressalva, de modo que ninguém credite intensão alheia ao que me propus. O objetivo é somente um: verificar, se de acordo com 1Co 10.31 - "Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus" -, é possível ser um modelo para a glória de Deus.

É preciso notar um ponto sumário: "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" (Jr 17.9). Terríveis coisas maquinamos em nosso coração, de maneira que precisamos ser cuidadosos em nossos apontamentos, a fim de não extravasarmos o ideal bíblico e inferirmos erroneamente sobre o próximo.

Para se entender sobre a licitude ou não de um cristão ser participante no mundo da moda, figurando como "modelo", algumas proposições precisam ser lançadas. Não são afirmações, somente perguntas, para que o leitor, por si mesmo e mediante as Escrituras, chegue à correta conclusão. São elas:

1. A Bíblia nos diz: "A candeia do corpo é o olho. Sendo, pois, o teu olho simples, também todo o teu corpo será luminoso; mas, se for mau, também o teu corpo será tenebroso" (Lc 11.34). Diante disso, precisamos nos perguntar: qual a motivação para alguém desejar ser "modelo"? Seria, porventura, o desejo de ser olhado, cobiçado e quase que venerado por sua forma ou peculiaridade física? Nos homens, ser visto por causa de algum traço marcante e na mulher devido às formas corporais? Seria lícito levar inúmeras pessoas a serem tentadas?

2. Está escrito: "Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada" (Pv 31.30). Quais são as intenções do coração de um aspirante ou já "modelo"? Acaso seria fixar-se na enganosa beleza e vã formosura, as quais passam apressadamente? Acaso os pressupostos da "moda" não são a exaltação do corpo, em detrimento do coração?

3. "O solteiro cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor; Mas o que é casado cuida das coisas do mundo, em como há de agradar à mulher. Há diferença entre a mulher casada e a virgem. A solteira cuida das coisas do Senhor para ser santa, tanto no corpo como no espírito; porém, a casada cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido" (1Co 7.32-24 - grifos acrescentados). A Palavra de Deus prescreve que tanto homem como a mulher, sendo solteiros ou casados, possuem pontos importantes a serem praticados e tudo diz respeito ao Senhor. Todavia, Deus preceitua (enfatizando o lado feminino, mas não descartando o masculino) que a mulher deve ser "santa, tanto no corpo como no espírito". Poderia, então, alguém figurar de "modelo" sem violar o aspecto bíblico de que o corpo pertence somente ao Senhor e ao cônjuge? Como seria possível vestir-se adequadamente segundo os padrões bíblicos? (Acerca das vestimentas, clique aqui para ler um estudo sobre a modéstia cristã no vestir.)

4. "Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo" (Êx 20.17). Toda afirmação contém, em si mesma, a negativa daquilo que afirma, isto é, ao se afirmar alguma coisa, tudo o que é contrário é implicitamente proibido. Seria plausível alguém ser modelo e não ser alvo de cobiça? Bem é verdade que não se cobiça apenas os/as "modelos", mas esta profissão não inclui uma exacerbação deste pecado? O que é levado em conta nesta profissão: a estética ou a lealdade ao Senhor e um espírito santo?

5. "Não dirás falso testemunho contra o teu próximo" (Êx 20.16). Este puro mandamento do Senhor não inclui somente a mentira objetiva, e sim proíbe toda sorte de maledicências que visem ludibriar o alheio, levando outrem a ser persuadido de algo que não é verdadeiro. Quantas pessoas conhecemos que são atraídas à luxúria e glamour devido às propagandas? Quantos são levados à falsa sensação de que são "feios", "gordos", "magros" ou qualquer outro adjetivo por causa da indústria da moda? Quantas mulheres se sentem "deprimidas" porque não possuem o corpo idealizado pelos preponentes da moda?

Diante disso, caro leitor, algumas respostas podem ser dadas e você mesmo pode aferir quais são. 

Desta forma, compreendemos não ser pecado tirar fotos (todos nós tiramos, não é mesmo?) ou vestir uma roupa para que alguém veja se ela está no tamanho correto (alguém do mesmo sexo ou o cônjuge). Até mesmo não é pecado tirar fotos para algum catálogo com roupas modestas e de acordo com os princípios da Escritura (leia o estudo acima elencado). A questão que estamos tratando é da não licitude de se desfilar (salvo se você puder fornecer justa e adequada razão sobre como isso glorifica a Deus - me escreva, por favor, pois posso estar errado), vestir roupas que marquem o corpo e, literalmente, se fantasiar para agradar os olhos da carne.

Talvez alguém exclame: "Mas, se a 'moda' acabar e os/as 'modelos' cessarem suas carreiras, a economia entrará em colapso e muitas pessoas estarão desempregadas!". Responderei triplamente: a uma, que não é verdade que a economia entrará em declínio; a duas, que a moda é passageira e podemos fazer algo melhor que este mercado pervertido; a três, que é falaciosa a ideia de que ficarão sem emprego, pois existem muitas outras frentes de trabalho.

Possamos, segundo a graça de Deus, prosseguir no ideal bíblico, sem, contudo, esmagar a cana quebrada e apagar o pavio que fumega (Mt 12.20 - donde aprendemos a ser gentis e buscar a restauração, em vez da destruição): "Mais importa obedecer a Deus do que aos homens" (At 5.29).

Que Deus nos abençoe e leve Seu povo a uma vida cada vez mais santa.

Comentários

  1. Eu queria ser modelo mais eu sempre imaginei que isso desagradaria a DEUS por conta de tudo isso que você falou, então pedi para ele remover essa vontade do meu coração.

    ResponderExcluir
  2. E quando a mulher tem um corpos cheia de curvas
    Sendo que quando vai a loja as roupas acabam apertando as ancas e ficam largas na Sintra. Tem acontecido comigo
    Muitas roupas apertam na anca
    Como faço?

    ResponderExcluir
  3. E quando a mulher tem um corpos cheia de curvas
    Sendo que quando vai a loja as roupas acabam apertando as ancas e ficam largas na Sintra. Tem acontecido comigo
    Muitas roupas apertam na anca
    Como faço?

    ResponderExcluir
  4. Idiotice. Sou cristã e ainda tenho o sonho de ser modelo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Letícia, como vc acha que irá se sentir (como cristã) ao estar numa salinha cheia de gente, vendo vc nua quando for fazer as trocas das roupas? Para vc, COMO CRISTÃ, é natural mostrar seus seios para o público (sim, pq vc pode precisar fazer isso um dia). E com relação aos cultos(?)... Se seu trabalho como modelo não mais te permitirem,por falta de tempo, ter sua comunhão com Cristo? Isso tb é normal? Olha, acho que vc chamar esse texto de "idiotice", foi a maneira mais fácil que vc encontrou para sufocar a sua frustração em se deparar com uma verdade que vc negligencia. Eu sou mt "fã de moda" e estava procurando leituras que me ajudassem a refletir sobre. Não achei nenhum que falasse o contrário do que estamos lendo aqui. Mas, já que vc expôs sua opinião, faz um texto contra-argumentando e envia para o autor. Ele deu total abertura para isso! Boa sorte!

      Excluir
    2. Vc não tem que ser modelo e sim, seguir O Modelo (Jesus Cristo).

      Excluir
  5. Nossa meninas vocês que não entenderam
    Você pode ser um modelo sim!!
    Desde que sua intenção não seja pra ser desejada ou cobiça
    Minha intenção de ser modelo é só pra coisa evangélica só pra ter uma grana extra pois não trabalho só meu esposo
    Tenho sim tb vontade de ser modelo mais só pra moda evangélica

    Ali encima ele só fala sobre que não devemos como cristão ser modelo pra agradar aos olhos carmas como ....Foto de biquíni ou roupa sensual ele não dia que não podemos tira foto pra roupa decente como moda evangélica vestido de noiva
    Eu entendi oque ele quis dizer
    E é verdade só devemos ter cuidado com nosso coração pra não se corromper

    ResponderExcluir
  6. QUE FORMA DE SE PRONUNCIAR EM LETICIA.

    ResponderExcluir
  7. Primeiramente gostaria de parabenizar o autor desse blog, porter nos ajudado, principalmente nos que ainda somos jovens cristãos na fé. Eu quero deixar a minha opinião, sabemos que ser modelo requer beleza de ambas as partes, e também é uma profissão, veja bem! Se Deus me ajudou me-dando beleza, ou seja a beleza neste caso é a ferramenta para encarar essa profissão, mais prosseguindo o assunto a minha intenção é arrecadar ganhos no final do mês, e eu como modelo não vou tirar fotos sem camisa ou apenas de cueca, vou procurar trabalha diferente, ou seja apenas divulgando calças ou camisas,se fazendo analisar assim não seria pecado até porque Deus conhece as nossas intenções. Bom esse foi um lado da moeda vamos para o outro, se como modelo você apenas quer expôr o seu corpo como ferramenta de atração física ou sexual, você estaria pecando, pois você apenas estava tendo um pensamento egoísta de atrair admiração para você, e pior você estaria induzindo uma pessoa a pecar. Bom esse foi o minha visão escatológica.

    ResponderExcluir
  8. Em 2013 comecei a trabalhar como modelo, participar de concursos de Miss na minha cidade, deixei a profissão depois que tive um filho. Até pensei em voltar, mas quando comecei a me converter, vi que não era lícito eu trabalhar como antes, o mercado da moda é enganador, frustante, coisas que não precisamos, hoje decidi seguir totalmente a Jesus Cristo, (lembrando que sempre fui católica, mas com atitudes que não são corretas), estou me convertendo a cada dia, e conhecendo cada vez mais o amor de Jesus, Ele não merece ficar triste com nossas atitudes e escolhas, Ele sofreu na cruz por amor a nós, há tantos trabalhos honestos para o cristão. Vamos refletir, e pensar, Deus se agrada do coração humilde, arrependido. Ele quer o nosso bem!
    Paz e bem amigos!

    ResponderExcluir
  9. A maior indústria que move a economia desse planeta é a terra. É claro que não vamos abolir a economia por uns quantos escolherem outras profissões, mas o moda levantou um imperio que não poderá ser derrubado com essa simples escolha de 1 entre 7 mil milhões de pessoas. Graças a que a moda tem áreas tão extensas, os que trabalhamos nesse âmbito temos inúmeras escolhas para realizar o nosso desempenho como profissionais como desejarmos, entre eles, modelos de todo tipo (fotográficos, de passarela, moda ''recatada''/cristã, etc). E quem queira trabalhar como modelo tem que cumprir umas regras, porém antes de todo, somos seres humanos e podemos nos negar a fazer trabalhos indecentes, como desfilar nu/a, que parece ser o tema principal dos comentários e que não é a maioria do caso dos desfiles mais conhecidos.
    E com todo respeito, algumas pessoas precisam se adentrar em um backstage e ver que não é esse ''nudismo'' que imagina.
    É bom sim procurar informações alheias, mas eu recomendaria procurar ver pelos meus próprios olhos e eliminar qualquer prejuízo que informações anteriores puderam causar em mim sobre esse mundo, tendo em conta que não em todas partes se trabalha da mesma maneira.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Postagens mais visitadas