Pular para o conteúdo principal

Não Existe "Livre Arbítrio" - por Martinho Lutero (1483-1546)



Aqueles que pregam o "livre arbítrio" afirmam que se não há "livre arbítrio", então também não há lugar para o mérito ou para a recompensa.

O que dirão os defensores do "livre arbítrio" a respeito da palavra "gratuitamente", em Romanos 3.24? Paulo diz que os crentes são "justificados gratuitamente, por sua graça". Como interpretam "por sua graça"? Se a salvação é gratuita e oferecida pela graça divina, então não se pode conquistá-la ou merecê-la. No entanto, Erasmo argumenta que a pessoa deve ser capaz de fazer alguma coisa a fim de merecer a sua salvação, ou ela não merecerá ser salva. Erasmo pensa que a razão pela qual Deus justifica uma pessoa e não outra, é que uma delas usou de seu "livre arbítrio", e tentou tornar-se justa, enquanto que a outra não o fez. Ora, isso transforma Deus em alguém que diferencia pessoas, ao passo que a Bíblia ensina que Deus não faz acepção de pessoas (At 10.34). Erasmo e algumas outras pessoas, como ele, admitem que os homens conseguem fazer muito pouco, através de seu "livre arbítrio", para obterem a salvação. Afirmam que o "livre arbítrio" tem apenas um pouco de merecimento - não é digno de muita recompensa. E, não obstante, ainda pensam que o "livre arbítrio" torna possível às pessoas tentarem encontrar a Deus. Imaginam, igualmente, que se as pessoas não tentam encontrá-Lo, cabe exclusivamente a elas a culpa, se não recebem a graça divina.

Portanto, sem importar se esse "livre arbítrio" tem grande ou pequeno mérito, o resultado é o mesmo. A graça de Deus seria obtida por meio do "livre arbítrio". Todavia, Paulo nega toda noção de mérito quando afirma que somos justificados "gratuitamente". Aqueles que dizem que o "livre arbítrio" possui apenas um pequeno mérito, erram tanto como aqueles que dizem que ele possui muito mérito, pois ambos ensinam que o "livre arbítrio" tem mérito suficiente para obter o favor de Deus. Portanto, em quase nada diferem um do outro.

Na verdade esses defensores da ideia do "livre arbítrio" nos dão um perfeito exemplo do que significa "saltar da frigideira para dentro do fogo". Quando dizem que o "livre arbítrio" tem apenas um pequeno mérito, pioram a sua posição, ao invés de melhorá-la. Pelo menos aqueles que dizem que o "livre arbítrio" envolve uma grande mérito (os chamamos de "pelagianos") conferem um elevado preço à graça divina, porquanto concebem que um grande mérito é necessário para alguém obter a salvação. Todavia, Erasmo barateia a graça divina, dizendo ser possível obtê-la por meio de um débil esforço. No entanto, Paulo transforma em nada essas duas ideias usando apenas uma palavra - "gratuitamente" (Rm 3.24). Mais adiante, em Romanos 11.6, ele declara que a nossa aceitação diante de Deus depende apenas da graça de Deus: "E, se é pela graça, já não é pelas obras; do contrário, a graça já não é graça". O ensino paulino é perfeitamente claro. Não existe tal coisa como mérito humano aos olhos de Deus, sem importar se esse mérito é grande ou pequeno. Ninguém merece ser salvo. Ninguém pode ser salvo através das obras. Paulo exclui todas as supostas obras do "livre arbítrio", estabelecendo em seu lugar apenas a graça divina. Não podemos atribuir a nós mesmos a menor parcela de crédito para nossa salvação; ela depende inteiramente da graça divina.

- por Martinho Lutero (1483-1546)
Fonte: Nascido Escravo, Ed. Fiel, págs. 28-29

Comentários

  1. Antes que um arminiano que não gosta de estudar chegue aqui soltando os cachorros, leiam o que Armínio dizia sobre o livre arbítrio:

    http://www.superandoasheresias.blogspot.com.br/2013/04/jacob-arminio-explicando-sobre-o-livre.html

    ResponderExcluir
  2. Absurdo! Claro que existe livre árbitrio e e claro que este livre arbítrio não é absoluto,pois não posso fazer nada alem dos limites impostos por Deus desde Adão. Se o ser humano não tivesse livre arbítrio, Deus seria um Ser de caráter questionável. O calvinismo é uma ofensa a Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maykon Alves

      Na verdade eu tenho o livre arbítrio até o momento em que eu aceito a ELE como SENHOR e SALVADOR.
      Porque quando eu tenho um SENHOR eu faço a vontade e as escolhas DELE.
      A questão é que muitos só o recebe como SALVADOR não reconhecendo-o como SENHOR, pois o servo não faz a sua própria vontade.
      Satanás usou o livre arbítrio e rebelou contra DEUS.
      JESUS obedeceu ao PAI (SENHOR) lançando fora o seu poder de decisão se mantendo fiel até o fim, e Deus o Glorificou.

      Excluir
    2. A questão é que quando o homem peca no Eden, se torna escravo do pecado, morto espiritualmente, totalmente depravado em suas faculdades perdendo assim o poder de escolha a Deus.

      Excluir
  3. Nacido escravo e ter livre árbitro, onde que um escravo tem liberdade?

    ResponderExcluir
  4. Se não esta na Bíblia o homem está acrescentando a palavra de Deus no meu entender a palavra de Deus que libertar não pode se acrescentada

    ResponderExcluir
  5. Quem tem que definir se existe ou não o livre arbítrio, somos nós mesmos. Na palavra de Deus ( Biblia Sagrada), não existe textos referentes. Deus te deu consciência, use-a para você mesmo. Siga os estatutos e os mandamentos de "" DEUS "" e saberá se existe ou não tal comdição...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Postagens mais visitadas deste blog

A mulher deve se vestir de modo que nenhum homem venha pecar por sua causa

Muitas mulheres e moças atualmente perderam seu próprio valor e muitas mulheres cristãs não tem se dado conta disso - o que acaba por as levar se vestindo conforme o mundo tem ditado; isto é, a moda. Por que digo isso?  Tenho notado o quanto muitas mulheres e moças têm se iludido ao pensarem que é bonito usarem vestimentas que mostram todas as suas curvas, tais como: roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts e saias curtas e blusas decotadas. Mas, se fosse para ser  assim, Deus não teria vestido Adão e Eva como diz na Bíblia: " E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu " (Gênesis 3:21). Na palavra também está escrito: " Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras " (1 Timóteo 2:9-10). Noto ainda que muitas mulheres e moças usam roupas indecentes co

É pecado um casal de namorados dormir junto?

É pecado um casal de namorados dormir junto? - por Filipe Luiz C. Machado Recentemente um irmão em Cristo perguntou-me sobre a legitimidade - ou não - para um casal de namorados poder dormir junto. Confesso que esse é um ponto delicado, mas creio que - mais uma vez - as Escrituras nos revelam aquilo que devemos fazer. É importante notarmos, primeiro, sobre que tipo de situação nos rodeia. Uma coisa é um casal de namorados que viaja de avião e cuja aeronave cai no meio da floresta, restando poucos sobreviventes e ainda por cima, estavam na estação do inverno, o que implica dizer que necessariamente todos precisam dormir juntos - para se aquecer, caso contrário, morrerão. Mas é claro que essa é uma situação hipotética e nela seria perfeitamente coerente dormir junto, pois seria um pecado deixar alguém morrer de frio quando podia-se evitá-lo. Porém, mesmo a realidade dos namorados não é esta do avião, é a partir do dia-a-dia que as dúvidas surgem. Muitos namorad

A importância da Renúncia

Texto por Angela E. P. Machado ----- “E, pondo-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não defraudarás ninguém, honra a teu pai e tua mãe. Então, ele respondeu: Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude. E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me. Ele, porém, contrariado com esta palavra, retirou-se triste, porque era dono de muitas propriedades.” Marcos 10.17-22 Neste breve texto, vemos o reflexo daquilo em que os judeus acreditavam. Pensavam eles que as riquezas eram um sinal da aprovação de Deus e que os ricos teriam maiores possibilidades de serem salvos, ou seja, de alcançarem a vida etern