"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

terça-feira, 9 de abril de 2013

10 Palavras e Expressões que o Cristão Não Deve Usar


Assim ensina a santa e sagrada Escritura: "Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem" (Ef 4.29).

Este versículos não nos ensina somente a não falar "palavrões" (clique aqui para ler sobre este tema), mas, sim, acerca da necessidade do cristão falar "só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem", o que se traduz em dizer que todas as palavras e expressões que empregamos devem refletir a piedade interior do homem renovado por Cristo Jesus.

Uma vez que palavras são como que "resumos" de ideias e buscam transmitir pensamentos, ideologias e sentimentos sobre determinado fato, é preciso que os cristãos cessem com algumas palavras e expressões que, em vez de glorificarem ao Senhor (leia 1Co 10.31), acabam dando razão à carnalidade. Visto não ser possível manter-se posição "neutra", pois "Ninguém pode servir a dois senhores" (Mt 6.24; Lc 15.13), listo abaixo alguns exemplos que devemos evitar, tendo em vista não serem preciosas as olhos do Senhor.

1. Sorte - o cristão não tem sorte alguma, porque "sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito" (Rm 8.28). Quando a Bíblia fala em "sorte", não se refere à mera aleatoriedade, pois nosso Senhor "Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria? (Nm 23.19). O genuíno filho de Deus possui toda bênção do Senhor, não a sorte.

2. Coincidência - nada ocorre por acaso. Diz explicitamente a Bíblia: "Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade" (Fp 2.13). Se Deus trabalhasse com coincidências, seria melhor servir a outro "Senhor", pois este, ao menos, teria um plano. O Deus das Escrituras decreta - somente. "E disse Deus: Haja luz; e houve luz" (Gn 1.3).

3. "Está amarrado em nome de Jesus!" - em nenhum lugar da Escritura esta expressão é usada ou empregada por qualquer pessoa. Embora os crentes que a usem estejam intentando transmitir a ideia de que tal coisa não prevalecerá pois o Senhor é maior, subjetivamente está a falsa noção de que podem decretar ordens ao Eterno Deus. Satanás nunca esteve solto para enganar todas as pessoas, fixe isso. Sim, plenamente verdadeiro que durante o Antigo Testamento a "liberdade" do maligno era maior para enganar os gentios (povos não judeus), a fim de não ouvirem do Evangelho. Todavia, no advento de Cristo e Seu Novo Testamento, as nações foram postas por escabelo de seus pés (Sl 99.5; Mt 5.35). Ademais, "para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo" (Hb 2.14). Portanto, nada precisa ser amarrado.

4. Simular "palavrões" - "E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus" (Rm 12.2). Inventar sinônimos para os palavrões é algo odioso, afinal, demonstra que o crente está desejando se parecer com o mundo. Ele quer proferir um enorme xingamento, mas se contenta em dizer, "que porta!". Tal atitude é lamentável e precisa ser urgentemente corrigida. Lutemos para serm como Cristo, prefigurado já em Davi: "Então respondeu um dos moços, e disse: Eis que tenho visto a um filho de Jessé, o belemita, que sabe tocar e é valente e vigoroso, e homem de guerra, e prudente em palavras, e de gentil presença; o SENHOR é com ele" (1Sm 16.18 - grifo meu).

5. "A paz do Senhor, irmão" - não é de todo errada esta expressão, mas, certifique-se de que ao usá-la não estará violando o 3º mandamento: "Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão" (Êx 20.7a). O Senhor foi incisivo ao afirmar a penalidade para tal ultraje: "porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão" (Êx 20.7b). Se você desejar a paz do Senhor (como faziam os apóstolos em suas cartas), certifique-se de que sabe o que está dizendo e que defende a Lei e o Evangelho de Deus, caso contrário estará brincando e se assemelhando aos falsos profetas que dizem: "Paz, paz; quando não há paz" (Jr 6.14). Cuide para não ser um hipócrita.

6. "Isso é bênção" - é verdadeiro que todas as coisas ocorrem para o bem dos eleitos de Deus (Rm 8.28). Entretanto, é medida que se impõe o fato de nem sempre algo ser uma bênção propriamente dita. Para ilustrar, o fato de alguém ganhar bens materiais ou ter "a porta aberta" para um emprego, não se traduz no fato de que sejam vindos para acrescer à vida - podem muito bem ser punições de Deus. Evidencia-se tal ensino na história de Eliseu, seu servo Geazi e o rei Naamã: "Então Eliseu lhe [a Naamã] mandou um mensageiro, dizendo: Vai, e lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne será curada e ficarás purificado... Então voltou... e disse: Eis que agora sei que em toda a terra não há Deus senão em Israel; agora, pois, peço-te que aceites uma bênção do teu servo. Porém ele [Eliseu] disse: Vive o SENHOR, em cuja presença estou, que não a aceitarei. E instou com ele para que a aceitasse, mas ele recusou. E disse Naamã: Se não queres, dê-se a este teu servo [Geazi]... Então Geazi, servo de Eliseu, homem de Deus, disse: Eis que meu senhor poupou a este sírio Naamã, não recebendo da sua mão alguma coisa do que trazia; porém, vive o SENHOR que hei de correr atrás dele, e receber dele alguma coisa... Porém ele [Eliseu] lhe disse [para Geazi, após ter ido e recebido os presentes]: Porventura não foi contigo o meu coração, quando aquele homem voltou do seu carro a encontrar-te? Era a ocasião para receberes prata, e para tomares roupas, olivais e vinhas, ovelhas e bois, servos e servas? Portanto a lepra de Naamã se pegará a ti e à tua descendência para sempre. Então saiu de diante dele leproso, branco como a neve" (2Rs 5.10, 15-17, 20, 26-27).

7. "Deus odeia o pecado, mas ama o pecador" - a Escritura afirma de modo diverso: "Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias. Se o homem não se converter, Deus afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e está aparelhado. E já para ele preparou armas mortais; e porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores" (Sl 7.11-13). Os únicos alvos do amor de Deus são aqueles a quem Ele amou e predestinou "antes da fundação do mundo" (Ef 1.4). Afirmar que Deus ama o iníquo (embora seja verdadeiro quanto ao fato de muitos ímpios [outrora nós] - segundo nosso ponto de vista - se tornarem cristãos) é contradizer a Palavra de Deus. A Bíblia é clara: "Se o homem não se converter... Deus... porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores". Os cristãos, sob à luz da salvação, não são chamados mais de pecadores, e sim de "santos" (Rm 1.7; 1Co 1.2; 2Co 1.1; Ef 1.1; Fp 1.1...) - desta forma, Deus os ama e continua a odiar o pecador não redimido.

8. "Meu Deus!" - ao contrário do que se pensa, esta expressão não é a que mais viola diretamente o 3º mandamento. Porém, é necessário retirar esta expressão de nosso vocabulário. O cristão é alguém que anda de modo digno, não tratando o senhorio do Altíssimo como uma simples interjeição. Deus não é digno de interjeições (palavras e expressões que exprimem emoções e sentimentos), e sim de louvor e adoração: "Dai ao SENHOR a glória devida ao seu nome, adorai o SENHOR na beleza da santidade" (Sl 29.2).

9. "Tudo posso naquele me fortalece" - sim, é verdade que esta expressão é fruto de um versículo, o qual diz: "Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece" (Fp 4.13). Infelizmente, porém, as pessoas tomam este versículo e se esquecem do vem anteriormente: "Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade" (Fp 4.11-12). O propósito de Paulo é para que os crentes aprendessem a passar por todas as coisas n'Aquele que os fortalece - nada tendo a ver, portanto, com um amuleto da sorte.

10. "Eu acho que..." - o cristão precisa ter posições firmes e definidas. "Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna" (Mt 5.37). Um terrível mal que abunda nossas igrejas é o fato de todos terem opiniões para todas as coisas - opiniões vagas, sem qualquer lastro bíblico. Ao contrário do que prescreve a Escritura, para que "muitos de vós não sejam mestres" (Tg 3.1), as congregações se lotam com membros que sequer leem a Bíblia e compram livros de grossa e profunda teologia, mas, não obstante, creem ser mestres e doutores da Escritura. Opinar sem saber, salvo quando feito com extrema humildade, é sinal de orgulho. 

Comente com o Facebook:

20 comentários :

  1. achei interessante a posição de vocês mas não concordo com todas as suas opinioes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também dicordo de alguns pontos.

      Excluir
    2. Deus em nenhum momento fala que odeia o pecador .Ele abomina o pecado e ama o pecador ,

      Excluir
  2. Eu acho que isso irá me ajudar muito, pois adorar ao Senhor Jesus é minha meta, e não andar no pecado, quero cada dia mais estar mais e mais perto de Deus, eu amo o meu Senhor e o louvarei até a morte e depois da morte... meu Rei e Mestre JESUS! Te amo Senhor

    ResponderExcluir
  3. Você acertou em alguns pontos.
    E também errou em alguns pontos.

    ResponderExcluir
  4. Muito precioso esse ensino Deus abençôe

    ResponderExcluir
  5. Na 3,5,6,7,8 e 10 voçê se equivoco...principalmente na 7, a biblia nunca vai dizer que odeia o homem, e sim o homem iniquio, ou seja não o homem em si mas a iniquidade que há no homem...isso é odiar o pecado e amar o pecador...deve-se destinguir o homem, e o homem iniquio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Linda", você leu os versículos? Quem diz que Deus odeia o pecador, não sou eu - é a Bíblia. Fora da graça de Deus, são todos alvos de Sua ira.

      Excluir
    2. Na verdade analisando bem efésios 1;4 da-se a entender que ele escolhendo uns para a salvação, automaticamente os não escolhidos para salvação foram para perdição. Então os escolhidos para salvação foram os amados e os não escolhidos para salvação foram odiados. É como jacó e esaú escolhi amar a jacó e odiar a esaú.

      Excluir
  6. E que Deus o abençoem em nome de jesus.

    ResponderExcluir
  7. Me equivoquei nas escolhas, porque, eu li só um pouco de cada tópico agora que eu acabei de ler os tópicos por inteiro. E concordo contigo no 1,2,4,6,7,9,10

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Obrigado pela visita ao blog!

      Excluir
    2. De nada, y qué la paz del señor esté contigo, qué Dios lo bendiga por todos los días de su vida.Amén

      Excluir
  8. Só lamento!
    Cuidado p não ser como Asalão e roubar das pessoas os verdadeiros ensinamentos diretamente do rei... realmente nao da p servir dois senhores ao mesmo tempo... seja espiritual e não interprete algumas coisas de uma maneira tão absurda assim

    ResponderExcluir
  9. Meu irmão, Paz do Senhor, vc começou muito bem, cheio de instruçoes... me perdoe se estarei te deixando ofendido mas, seu modo de interpretar a biblia não é espiritual e sim humano... seja mais intimo de Deus e reflita vc em seu VOCABULARIO CRISTÃO... Está amarrado em nome de Jesus, todo demonio q se manisfestar diante de nós, e após ordenarmos isso então o expulsamos tb em nome de Jesus... puxa, cuidado com o q fala homem... se vc continuar assim vai ser como Absalão hein... roubar das pessoas a verdadeira ajuda do Rei... só lamento...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A bíblia não é pra ser interpretada e sim crida.
      Se todos resolverem fazer suas próprias interpretações, haverá grande confusão, como ja acontece no mundo.

      Excluir
    2. A bíblia não é pra ser interpretada e sim crida.
      Se todos resolverem fazer suas próprias interpretações, haverá grande confusão, como ja acontece no mundo.

      Excluir
  10. Gente achei esse comentário absurdos... tenho certeza de uma coisa se tiver alguém brincando com a palavra de Deus" vai prestar conta com elle .. porque aqui ninguém tem direito de cobrar nada de nimguem e muito menos julgar ... a pessoa que fez esse estudo aqui , pra min está de totalmente certo e correto!!

    ResponderExcluir
  11. Gente ninguém tem que julgar ninguém e muito menos apontar ... Jesus vai vim como juiz .. e não vcs !!! Achei muito interessante esse estudo, muito show aprendi muito.

    ResponderExcluir

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin