"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Carta ao Sansão - Um crente que pensa que a Bíblia só fala de salvação


*A presente carta é de gênero fictício, embora contenha situações da vida real.

Bom dia, Sansão! Lembrei de você hoje pela manhã, após ler algumas notícias no Facebook acerca de algumas postagens sobre política. Como estão todos em sua família? Seguem progredindo em fé e no amor para com nosso Senhor? Espero que sim.

Amado, rapidamente, como conhecido teu e pessoa que se importa contigo, quero lhe chamar a atenção para um problema que tenho percebido em tua vida: a crença de que a Bíblia só fala de salvação e de que ela não menciona sobre como devemos viver neste mundo. Deixe-me explicar.

Desde os tempos que você conheceu as doutrinas da graça, tenho percebido que você parece ter esquecido de que a Bíblia não fala apenas do porvir, isto é, do céu, inferno e da eternidade, e sim que ela também prescreve como os crentes devem viver neste mundo. Muitas vezes você tem repetido que "somos cidadãos dos céus" e por isso não precisamos nos preocupar com este mundo, pois ele "jaz no maligno". Sim, é verdade que o mundo está morto no maligno, mas a Escritura afirma que devemos ser "sal e luz" por aqui.

Em especial, venho percebendo que no âmbito político, você crê que pode ser um cristão e ao mesmo tempo defender propostas totalmente contrárias ao Evangelho. Veja, por exemplo, sua defesa em prol da "reforma agrária", algo que não é bíblico, pois a Bíblia é clara em demonstrar que a propriedade privada é um direito social. Sim, Sansão, eu sei que existem muitas pessoas que são donas de imensas terras, mas isso não habilita o governo a retirar deles esse direito - sinto muito. 

Outra coisa que noto é sua familiarização com os chamados "movimentos de esquerda", os quais pregam que o governo deve intervir na economia, deve fazer a chamada "distribuição de renda" e outras coisas mais. Inclusive, meu amado, cheguei a ver que você apoia a maldita ideia de "retirar do rico" para "dar ao pobre", forçando os ricos a pagarem mais impostos, também. Onde isso se encontra na Palavra?

Vi, ainda, você dizendo que o cristão não tem o direito à legítima defesa e que ter armas em casa é sinônimo de pouca confiança no Senhor? Como assim? E todas as passagens bíblicas no AT e NT sobre isso, onde vemos claramente os cristãos se defendendo quando necessário?

Outrossim, me recordo de ter visto você apoiando a ideia de que cabe ao governo a ajuda aos pobres, sendo que, biblicamente, isto sempre foi papel da Igreja do Senhor, pois o pão físico, sem o verdadeiro Pão, é completamente inútil.

Sendo sincero contigo, preciso lhe perguntar: quais são suas bases bíblicas para defender este tipo de coisa? Noutras palavras, por que você acha que a Bíblia não se importa com estas suas atitudes? Acaso você acha que ter ciências da soberania de Deus e da depravação do homem, lhe levará para o céu? Sendo ainda mais direto, você crê que ser "calvinista", "reformado", "de Jesus" ou qualquer outra coisa que o valha, te levará para o céu? Amigo, a salvação é pela fé em Cristo!

Mas, meu amado, embora a salvação seja pela fé em Cristo, lembre-se das palavras sagradas: "Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou" (1Jo 2.6). E para o caso de você se perguntar "como Cristo andou, já trago a resposta: "E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos" (Lc 24.44).

Pelo que tenho visto, você não conhece a Lei do Senhor e Sua Palavra de maneira correta, pois estás proclamado, "curtindo" e "compartilhando" coisas contrárias ao estabelecimento de Deus. Veja que a Lei do Senhor tem um propósito muito claro: "Guarda e ouve todas estas palavras que te ordeno, para que bem te suceda a ti e a teus filhos depois de ti para sempre, quando fizeres o que for bom e reto aos olhos do Senhor teu Deus" (Dt 12.28). A Lei do Senhor nos livra do mal e nos abençoa.

Portanto, Sansão, embora aprecie nosso contato, rogo ao Senhor para que mude o teu coração, de maneira que você entenda que o Senhor é é dono de todo o nosso ser e que Sua Palavra não fala apenas de salvação, e sim sobre como o cristão deve viver em cada aspecto de sua vida, afinal, assim somos instados: "quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus" (1Co 10.31).

Que o Senhor seja contigo e te leve ao arrependimento.

Em Cristo,
Filipe Luiz C. Machado

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin