Pular para o conteúdo principal

Confissões de uma mulher que não gostava de teologia



Alguns anos atrás, estávamos sentados em nossa sala de estar quando confessei a um outro casal reformado: “Eu não gosto de teologia”. Nós guardamos um minuto de silêncio constrangedor em honra à minha ignorância.

Recentemente, refleti sobre esse momento enquanto sentava-me numa conferência entusiasticamente reformada. Quando eu digo “entusiasticamente reformada”, estou falando daquele tipo de zelo que se encontra no aluno de primeiro semestre de seminário que acabou de descobrir as doutrinas da graça e não consegue falar de outra coisa. Ele consegue encaixar TULIP em uma variedade impressionante de situações, desde uma discussão sobre textos bíblicos até uma visita ao museu de artes.

Enquanto eu cresço imensamente no meu entendimento sobre a importância da verdade bíblica, o persistente fato continua: o amor por teologia não veio naturalmente a mim. Foi um gosto adquirido.

Mas, por que você deveria se importar? Talvez eu já tenha perdido sua atenção em “Eu não gosto de teologia”. Contudo, estou convencida de que você deveria se importar, e aqui está o porquê: eu represento membros de sua igreja. Talvez um grande segmento, talvez um pequeno, mas eu garanto que eles estão lá. Com essa realidade em mente, gostaria de oferecer três insights de uma amante não natural da teologia.

1. Mesmo quando o aprendizado não vem naturalmente, podemos amar teologia e doutrina se elas vêm acompanhadas consistentemente de uma grande dose de delicadeza e de graça

Seja cuidadoso em não nos caracterizar como iletrados, ignorantes e idiotas que não leram a Bíblia. Eu entendo de onde essa percepção vem. Sim, entendo. Mas isso não é verdade para todos nós, e os amantes de teologia deveriam ser cuidadosos e gentis em suas abordagens. Devem nos ensinar, repreender e corrigir-nos de todas as formas. Mas, por favor, façam isso delicada e graciosamente. Considere o exemplo de Priscila e Áquila quando acharam Apolo cheio de zelo, porém, com problemas em seu conhecimento sobre Deus (Atos 18.18-28, cf. Rm 10.2, Pv 19.2). O texto nos fala que o casal levou-o para a casa deles e explicaram em maior totalidade o evangelho de Cristo (Atos 18.26). Gentil e graciosamente, Priscila e Áquila guiaram Apolo ao conhecimento da verdade.

2.Algumas vezes você terá que ligar os pontos para nós

Precisamos da sua ajuda. Mas esteja disposto em nos ajudar em humildade, sem se exasperar. Eu sou uma pensadora criativa e não-linear que geralmente absorve teologia mais efetivamente quando traço a aplicação relacionando-a com a doutrina. Eu entendo por que você despreza sermões cheios de aplicações mas “sem carne”. Mas você também precisa entender que a minha maneira de processar não é necessariamente inferior, é apenas diferente. Ligue os pontos, leve-me à verdade, e veja o fruto se desdobrar.

3. Não desista de nós

Ore e não desista de todo o pessoal orientado à criatividade e emoções em sua igreja. Um dia, a teologia que você valoriza atingirá nossos corações como a flecha de um cupido – e  nós seremos fisgados. Provavelmente, quando a vida nos der uma rasteira, precisaremos de ajuda para ligar aqueles pontos. E vamos entendê-los. Finalmente, iremos entendê-los. Deus realizará isso em nós – e talvez até mais rápido, à medida que você usa gentileza, conhecimento e graça para ministrar a nós. Ou, como o apóstolo falou, à medida que você trabalha “paciente, disciplinando com mansidão” (2Tm 2.24-25, cf. 2Tm 4.2).

- por Ashley Haupt
Fonte: iPródigo

Comentários

Postar um comentário

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Postagens mais visitadas deste blog

A mulher deve se vestir de modo que nenhum homem venha pecar por sua causa

Muitas mulheres e moças atualmente perderam seu próprio valor e muitas mulheres cristãs não tem se dado conta disso - o que acaba por as levar se vestindo conforme o mundo tem ditado; isto é, a moda. Por que digo isso?  Tenho notado o quanto muitas mulheres e moças têm se iludido ao pensarem que é bonito usarem vestimentas que mostram todas as suas curvas, tais como: roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts e saias curtas e blusas decotadas. Mas, se fosse para ser  assim, Deus não teria vestido Adão e Eva como diz na Bíblia: " E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu " (Gênesis 3:21). Na palavra também está escrito: " Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras " (1 Timóteo 2:9-10). Noto ainda que muitas mulheres e moças usam roupas indecentes co

É pecado um casal de namorados dormir junto?

É pecado um casal de namorados dormir junto? - por Filipe Luiz C. Machado Recentemente um irmão em Cristo perguntou-me sobre a legitimidade - ou não - para um casal de namorados poder dormir junto. Confesso que esse é um ponto delicado, mas creio que - mais uma vez - as Escrituras nos revelam aquilo que devemos fazer. É importante notarmos, primeiro, sobre que tipo de situação nos rodeia. Uma coisa é um casal de namorados que viaja de avião e cuja aeronave cai no meio da floresta, restando poucos sobreviventes e ainda por cima, estavam na estação do inverno, o que implica dizer que necessariamente todos precisam dormir juntos - para se aquecer, caso contrário, morrerão. Mas é claro que essa é uma situação hipotética e nela seria perfeitamente coerente dormir junto, pois seria um pecado deixar alguém morrer de frio quando podia-se evitá-lo. Porém, mesmo a realidade dos namorados não é esta do avião, é a partir do dia-a-dia que as dúvidas surgem. Muitos namorad

A importância da Renúncia

Texto por Angela E. P. Machado ----- “E, pondo-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não defraudarás ninguém, honra a teu pai e tua mãe. Então, ele respondeu: Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude. E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me. Ele, porém, contrariado com esta palavra, retirou-se triste, porque era dono de muitas propriedades.” Marcos 10.17-22 Neste breve texto, vemos o reflexo daquilo em que os judeus acreditavam. Pensavam eles que as riquezas eram um sinal da aprovação de Deus e que os ricos teriam maiores possibilidades de serem salvos, ou seja, de alcançarem a vida etern