"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

sábado, 3 de dezembro de 2011

Paulo orando pelos mortos?


- Textinho que escrevi hoje para o boletim semanal de nossa congregação -

"Conceda o Senhor misericórdia à casa de Onesíforo, porque, muitas vezes, me deu ânimo e nunca se envergonhou das minhas algemas; antes, tendo ele chegado a Roma, me procurou solicitamente até me encontrar. O Senhor lhe conceda, naquele Dia, achar misericórdia da parte do Senhor. E tu sabes, melhor do que eu, quantos serviços me prestou ele em Éfeso" (2 Timóteo 1.16-18).

Recentemente ouvi de uma colega, ainda indecisa entre o catolicismo e o evangelho (sim, pois catolicismo e evangelho são coisas totalmente distintas uma da outra), que em 2 Timóteo 1.18 Paulo fez uma oração por Onesíforo, o qual, segundo a leitura dela (e dos católicos romanos em geral), já havia morrido. Muito embora a discussão tenha sido no seu mural do Facebook, ela mesma não apareceu lá para comentar nada. Mas houve quem o fizesse. Deixando de lado essas questiúnculas, vamos ao ponto.

Basicamente, são dois os argumentos usados pelos católicos para defender que Onesíforo estava morto. O primeiro é a referência que Paulo fez ao dia do julgamento final (“aquele Dia”). Para os romanistas esta seria uma prova irrefutável de que o amigo de Paulo já se encontrava em uma situação de além-túmulo. Contudo, o fato de Paulo ter feito menção ao dia do Juízo Final nesse contexto não prova o ponto de vista católico, visto que, no versículo 12, Paulo também faz menção a esse Dia. Se realmente é verdade que Onesíforo estava morto somente porque Paulo fez referência ao Juízo Final, penso que os católicos, por uma questão de coerência, deveriam se prontificar a crer que a presente carta a Timóteo foi psicografada.

O segundo argumento que eles apresentam é o de que Onesíforo já estava morto porque Paulo saúda a “a casa de Onesíforo” (2 Tm 4.19), e não o próprio Onesíforo. Com isso, alguns afirmam que, se Onesíforo estivesse vivo, Paulo o saudaria, em vez de saudar sua família. Esse argumento é logo dissolvido se levarmos em consideração que Onesíforo ainda estava em Roma (ou mesmo a caminho de Éfeso), ao passo que sua família estava em Éfeso, cidade onde Timóteo estava pastoreando na ocasião. Além do mais, a “casa de Onesíforo” não deveria incluir ele próprio?

Que Onesíforo não estava morto no momento em que Paulo escreveu a sua segunda carta a Timóteo eu não tenho a menor dúvida. A Escritura é clara quando afirma que “aos homens está ordenado morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo” (Hb 9.27), e o apóstolo jamais contradiria algum princípio dela. Portanto, nenhuma oração é capaz de mudar o destino de quem já partiu desta vida. 

Soli Deo Gloria!

Por Leonardo Bruno Galdino

Comente com o Facebook:

4 comentários :

  1. Miguel Gomes dos Santos9 de abril de 2012 09:54

    Não há diferença entre catolicismo e envagelho. Não há distinção entre estes. Sou católico e leio o evangelho, e fico triste ao saber que Cristãos como você, interpretam nós, irmãos em Cristo, de tal maneira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Miguel.

      Se não houvesse diferença entre católicos (melhor dito, romanistas) e evangélicos (melhor dito, cristãos), não teria o porquê de ter acontecido a Reforma Protestante. Ao contrário do que imagina-se, há um abismo intransponível de um lado para o outro, de modo que a mensagem de uma é [quase que] completamente oposta à outra.

      Se o amigo tiver interesse, podemos continuar essa conversa via e-mail. Se quiser, escreva-me para filipe.machado.123@gmail.com

      Um abraço e grato pela visita.

      Excluir
    2. Evangélico, é todo aquele que Crê no evangelho;
      Cristão é todo o indivíduo que adere ao Cristianismo, uma religião monoteísta abraâmica centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus de Nazaré;
      Portanto, católicos são SIM evangélicos e cristãos, e você é PROTESTANTE, isso se chama estudo da historia, isso se chama não ser preconceituoso, como disse o amigo Miguel acima, "fico triste ao saber que Cristãos como você, interpretam nós, irmãos em Cristo, de tal maneira."
      E sempre que falar algo, deixe que a pessoa lhe responda pelo mesmo canal, não seja covarde de fugir oferecendo um canal alternativo e de nenhuma visibilidade como o seu e-mail!

      Excluir
  2. Boa noite, não sou Católico nem evangélico, sou formado em teologia, e o que percebo é que Cristo veio para nos ensinar algo amais do que ficar perdendo tempo com quem sabe mais ou não, muitas vezes esquecemos o grandioso ensinamento que ele nos ensinou: O AMOR! Nada vale se voces estudam muito e não praticam o amor com o proximo, ao invés de perder tempo se e certo orar pelos falecidos ou não, juntem-se e pratiquem o amor, com certeza Isso irá agradar muito mais a Deus.

    ResponderExcluir

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin