Pular para o conteúdo principal

5 coisas que eu gostaria de saber antes de me casar


Os primeiros seis meses do meu casamento foram alguns dos meses da minha vida em que mais abri meus olhos. Até aquele momento eu pensava que ser uma esposa e uma auxiliadora era uma coisa fácil. Eu me sentia totalmente preparada para o meu papel como esposa.

Grande ilusão.

Depois de seis meses de casamento eu percebi o quão totalmente despreparada eu estava em determinadas áreas. Para ser honesta, havia cinco coisas que eu gostaria de ter sabido antes de me casar. Se você é uma garota solteira e está esperando se casar algum dia, este conselho é para você.

1. Seu relacionamento com Deus é a CHAVE para ser uma esposa feliz.

Eu tinha uma relação boa com Deus enquanto garota solteira. Eu tentei ler a Bíblia e orar diariamente, mas eu não era muito consistente. Alguém se identifica? Como resultado, os meus primeiros meses de casamento foram os mais emocionais para mim.

Naquela época, eu estava olhando para o meu novo marido como minha segurança e preenchimento em vez de Deus.

Eu queria que Zack me fizesse feliz, contente e segura – o tempo todo. Como resultado, eu me tornei uma montanha russa emocional.

Não me tornei uma esposa alegre e feliz até que eu fosse consistente em meu tempo de leitura da Bíblia e oração. Eu aprendi que eu só seria “feliz e contente” se eu estivesse na Palavra de Deus. Quando me firmei na verdade de Deus, me tornei uma esposa muito mais feliz.

2. A “atitude independente” destrói a unidade.

Nossa cultura diz que ser independente de sua mãe, pai, família e futuro marido é uma coisa ótima.
Se tem uma coisa que eu aprendi durante os meus primeiros seis meses de casamento foi isto: independência destrói a unidade.

Deus nos deu um padrão de como os casamentos devem funcionar e é tipo assim: o marido é o líder da casa e a esposa é o braço direito. O marido dá a sua vida por sua esposa e a esposa mostra respeito ao seu marido (Efésios 5:22-33).

Uma das maiores coisas que uma mulher pode fazer para ajudar a sua família a ter sucesso é ter uma visão de família como um time, em vez de ter um espírito independente. Zack contou-me que estar com ele tendo uma mentalidade de família como um time foi a maior bênção que eu poderia lhe dar.

Comece agora servindo a sua família e desenvolvendo uma mentalidade de família como um time.

3. Boa comunicação vai te salvar de horas de luta.

Eu pensava que era uma grande comunicadora… até que me casei . Meus primeiros meses de casamento rapidamente revelaram alguns hábitos pouco atraentes no meu coração.

Quando você fica irritada com algo você é o tipo de garota que se cala ou explode? Você prefere o tratamento silencioso ou o tratamento do grito? Para mim, era o tratamento do silêncio. Eu era uma comunicadora horrível por causa disso e nosso casamento sofreu muitas horas desnecessárias de lutas como resultado.

Seja você uma garota calada ou que explode, eu não posso incentivá-la o suficiente para trabalhar em suas habilidades de comunicação agora. Os padrões que você definir agora para resolver problemas e trabalhar através do conflito irão segui-la em seu casamento.

4. Habilidades práticas serão uma grande bênção para sua família.

Antes de me casar eu sabia como limpar uma casa, lavar roupa, e cozinhar uma refeição básica, mas minhas habilidades eram limitadas. Como uma garota solteira, eu não fiz esforços para avançar em minhas habilidades domésticas. Como resultado, a minha curva de aprendizagem foi muito mais difícil quando eu me tornei a gerente da minha própria casa.

Se você deseja honrar a Deus como uma esposa e gerente da sua casa um dia, então você precisa educar-se sobre o que isso implica. Assuma fazer a refeição para sua mãe por um mês e se force a aprender a fazer as compras do mês. Defina um orçamento para si mesma e só gaste o que você tem permissão, em seguida, prepare todos os jantares da família por uma semana.

Além disso, aprenda com sua mãe (ou uma mulher piedosa) sobre como limpar a casa, lavar roupas, passar ferro, pagar contas, cuidar do jardim, cuidar de bebês, trocar fraldas, etc. Essas habilidades práticas vão ser um grande trunfo para o seu marido e futura família.

5. Aprender disciplina financeira é importante

Segundo os pesquisadores, a maioria dos divórcios são acionados por causa de questões de dinheiro. Quando eu era solteira, eu trabalhei em tempo integral por alguns anos e ganhei muito dinheiro. Eu não fiz um orçamento e livremente comprei tudo o que eu queria. Eu não era disciplinada em meus hábitos.

O casamento foi um despertar chocante para mim. Aconteceu de eu casar com um consultor financeiro que me colocou em um orçamento rigoroso no dia em que voltamos de nossa lua de mel. Eu quase entrei em choque durante os primeiros seis meses de casamento por causa disso. Meus maus hábitos estavam colidindo com a realidade.

Felizmente, eu tenho dado valor a ter um orçamento e poupar dinheiro. Eu não posso exortá-la o suficiente para evitar o ganho de dívida agora e em seu futuro. Se você fizer isso, você vai evitar problemas ENORMES de dinheiro em seu futuro casamento. Coloque-se em um orçamento e cumpra-o. Saiba como se tornar financeiramente responsável.

Então, aí está!

Cinco coisas que eu gostaria de saber antes de me casar. Se eu pudesse voltar no tempo, gostaria de trabalhar diligentemente em cada uma dessas áreas. Quanto mais tempo você gasta se preparando para o casamento agora, melhor seu casamento vai ser no futuro. E mesmo que o casamento não esteja no plano de Deus para você, essas habilidades ainda virão a calhar!

Convido você a levar essas cinco dicas a sério e começar a trabalha-las hoje.

- por Kristen Clark

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A mulher deve se vestir de modo que nenhum homem venha pecar por sua causa

Muitas mulheres e moças atualmente perderam seu próprio valor e muitas mulheres cristãs não tem se dado conta disso - o que acaba por as levar se vestindo conforme o mundo tem ditado; isto é, a moda. Por que digo isso?  Tenho notado o quanto muitas mulheres e moças têm se iludido ao pensarem que é bonito usarem vestimentas que mostram todas as suas curvas, tais como: roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts e saias curtas e blusas decotadas. Mas, se fosse para ser  assim, Deus não teria vestido Adão e Eva como diz na Bíblia: " E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu " (Gênesis 3:21). Na palavra também está escrito: " Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras " (1 Timóteo 2:9-10). Noto ainda que muitas mulheres e moças usam roupas indecentes co

É pecado um casal de namorados dormir junto?

É pecado um casal de namorados dormir junto? - por Filipe Luiz C. Machado Recentemente um irmão em Cristo perguntou-me sobre a legitimidade - ou não - para um casal de namorados poder dormir junto. Confesso que esse é um ponto delicado, mas creio que - mais uma vez - as Escrituras nos revelam aquilo que devemos fazer. É importante notarmos, primeiro, sobre que tipo de situação nos rodeia. Uma coisa é um casal de namorados que viaja de avião e cuja aeronave cai no meio da floresta, restando poucos sobreviventes e ainda por cima, estavam na estação do inverno, o que implica dizer que necessariamente todos precisam dormir juntos - para se aquecer, caso contrário, morrerão. Mas é claro que essa é uma situação hipotética e nela seria perfeitamente coerente dormir junto, pois seria um pecado deixar alguém morrer de frio quando podia-se evitá-lo. Porém, mesmo a realidade dos namorados não é esta do avião, é a partir do dia-a-dia que as dúvidas surgem. Muitos namorad

A importância da Renúncia

Texto por Angela E. P. Machado ----- “E, pondo-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não defraudarás ninguém, honra a teu pai e tua mãe. Então, ele respondeu: Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude. E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me. Ele, porém, contrariado com esta palavra, retirou-se triste, porque era dono de muitas propriedades.” Marcos 10.17-22 Neste breve texto, vemos o reflexo daquilo em que os judeus acreditavam. Pensavam eles que as riquezas eram um sinal da aprovação de Deus e que os ricos teriam maiores possibilidades de serem salvos, ou seja, de alcançarem a vida etern