Pular para o conteúdo principal

Aconselhamento bíblico - opine, por favor


Olá, amados.

Tenho trabalhado neste blog há mais de seis anos (mais de novecentos artigos publicados) e à frente da igreja (com pregações, ensino e aconselhamento) há quase dez anos. Durante todo este tempo, pude ajudar as mais variadas pessoas (e ser muito ajudado!) em assuntos voltados à teologia - ou seja, como fazer isso ou aquilo de modo bíblico. Fiz e faço todas estas coisas, porque creio que este é um dos focos que o Senhor tem para minha vida, até mesmo para me dedicar mais intensamente a isso.

Porém, tenho sentido uma necessidade maior com relação ao aconselhamento mais pessoal, algo que possa ser utilizado de modo específico na vida ou projeto de cada um. Pessoas tem me procurado, por exemplo, para ajudar em seus casamentos, na criação de filhos ou em como ensinar teologia em suas igrejas.

Diante disso, estou pensando em abrir uma espécie de "Consultoria Teológica", um espaço onde possamos conversar de modo mais envolvente, resolver problemas e trilhar um caminho juntos à luz da Palavra.

Gostaria, então, de saber o que você, leitor deste blog, acha da ideia. Você tem sentido falta de algum aconselhamento mais pessoal? Acha válido investir algum dinheiro nisso? Quer dizer, você sente esta necessidade de uma ajuda mais pessoal no matrimônio, digamos, e apoiaria este trabalho? Pode ser um aconselhamento sobre casamento que você precise; um passo-a-passo para escrever um livro; uma direção e ajuda para como reformar sua igreja; um direcionando sobre namoro ou finanças... São muitas as opções e em todas elas a Escritura nos tem muito para ensinar.

Se você puder deixar sua opinião nos comentários, serei muito grato! E se tudo der certo, quem sabe podemos começar o quanto antes!

Deus abençoe!

Comentários

  1. Filipe, acho uma excelente ideia. Me parece que o meio cristão carece disso atualmente, de pessoas capacitadas que exerçam (de forma séria) o dom de aconselhamento. Uma coisa são diretrizes práticas e gerais, outra, são conselhos específicos às particularidades e dificuldades que as pessoas encaram em suas vidas. Muitas vezes, existe um receio de expor a intimidade para quem, apesar da boa fé, não tem esse dom. Existem coisas que não serão resolvidas em clínicas de psicologia ou consultórios psiquiátricos, pois falta o conhecimento necessário para lidar com questões espirituais, sob o viés cristão.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Postagens mais visitadas deste blog

A mulher deve se vestir de modo que nenhum homem venha pecar por sua causa

Muitas mulheres e moças atualmente perderam seu próprio valor e muitas mulheres cristãs não tem se dado conta disso - o que acaba por as levar se vestindo conforme o mundo tem ditado; isto é, a moda. Por que digo isso?  Tenho notado o quanto muitas mulheres e moças têm se iludido ao pensarem que é bonito usarem vestimentas que mostram todas as suas curvas, tais como: roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts e saias curtas e blusas decotadas. Mas, se fosse para ser  assim, Deus não teria vestido Adão e Eva como diz na Bíblia: " E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu " (Gênesis 3:21). Na palavra também está escrito: " Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras " (1 Timóteo 2:9-10). Noto ainda que muitas mulheres e moças usam roupas indecentes co

É pecado um casal de namorados dormir junto?

É pecado um casal de namorados dormir junto? - por Filipe Luiz C. Machado Recentemente um irmão em Cristo perguntou-me sobre a legitimidade - ou não - para um casal de namorados poder dormir junto. Confesso que esse é um ponto delicado, mas creio que - mais uma vez - as Escrituras nos revelam aquilo que devemos fazer. É importante notarmos, primeiro, sobre que tipo de situação nos rodeia. Uma coisa é um casal de namorados que viaja de avião e cuja aeronave cai no meio da floresta, restando poucos sobreviventes e ainda por cima, estavam na estação do inverno, o que implica dizer que necessariamente todos precisam dormir juntos - para se aquecer, caso contrário, morrerão. Mas é claro que essa é uma situação hipotética e nela seria perfeitamente coerente dormir junto, pois seria um pecado deixar alguém morrer de frio quando podia-se evitá-lo. Porém, mesmo a realidade dos namorados não é esta do avião, é a partir do dia-a-dia que as dúvidas surgem. Muitos namorad

A importância da Renúncia

Texto por Angela E. P. Machado ----- “E, pondo-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não defraudarás ninguém, honra a teu pai e tua mãe. Então, ele respondeu: Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude. E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me. Ele, porém, contrariado com esta palavra, retirou-se triste, porque era dono de muitas propriedades.” Marcos 10.17-22 Neste breve texto, vemos o reflexo daquilo em que os judeus acreditavam. Pensavam eles que as riquezas eram um sinal da aprovação de Deus e que os ricos teriam maiores possibilidades de serem salvos, ou seja, de alcançarem a vida etern