"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

terça-feira, 5 de abril de 2011

Vós Tendes a Unção do Santo


Vós Tendes a Unção do Santo -
por Gutierres Siqueira

Há uma tendência de dividir a Igreja entre grupos especiais. É comum separar os espirituais dos não-espirituais, os santos dos não-santos e os ungidos dos não-ungidos. Essas linhas divisórias são, na maioria das vezes, frutos de idéias humanas sem nexo com a Bíblia. O corpo de Cristo difere do modus vivendi que reina na sociedade, a Igreja é santa. O viver em santidade não pode levar o cristão a se auto-classificar com "um ser especial", pois todos aqueles que experimentaram o novo nascimento, são santificados em Cristo (1Co 6.11) e o Espírito Santo passa a habitar nessa nova criatura (Rm 8.1 e 1Co 6.15-20). Sendo assim todo cristão nascido "da água e do Espírito" é um ungido de Deus (cf. 2Co 1.21-22). O fato do cristão ser ungido por Cristo com o Espírito Santo, denota uma separação para o serviço divino, assim como os objetos no Antigo Testamento eram separados na utilização litúrgica no templo. A unção está totalmente ligada ao processo de santificação e serviço. Como John L. Mackenzie escreveu: "É evidente que uma pessoa ou coisa era ungida com a intenção de torná-la sagrada." (1) A principal obra do Espírito Santo no crente é a santificação, e santidade está totalmente ligada ao serviço cristão; Jesus foi ungido par servir em seu ministério terreno (At 10.38). A rotulação de "ungido" em pessoas específicas dentro da igreja é biblicamente errado, pois a unção, como lembra o pastor Paulo Romeiro: "não é privilegio de um grupo". Alguns pastores adeptos da confissão positiva e outras distorções doutrinárias costumam apelar para o Salmo 105.15, todas as vezes que são questionados. Sempre dizem: "não toqueis nos ungidos de Deus" e ainda contam testemunhos de pessoas que desafiaram a autoridade de "mestres da fé" e morreram. Tudo isso não passa de pressão psicológica. Esses tele-profetas confundem o conceito de unção do Novo Testamento com do Antigo Testamento, pois na Velha Aliança, somente reis e sacerdotes eram ungidos, mas hoje, todo salvo é um rei e sacerdote, uma habitação da Trindade (1Pe 2.9 e Ap 1.6). Portanto, não há categorias de crentes de primeira classe. Esses que auto se proclamam de "ungidos", normalmente se comportam como infalíveis e até divinos, quanta soberba!

Fonte: Cinco Solas

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin