"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Onde está o verdadeiro avivamento?

Texto por
Filipe Luiz C. Machado

-----

Depois da era medieval e da era moderna, estamos na era do avivamento! O evangelho está se propagando na velocidade luz, multidões estão "aceitando" Jesus, os bancos das igrejas estão cheios e não há falta de programas tele-evangelísticos 24hs no ar! Oh, glórias!

Mas onde está o real avivamento?
---

Quando ouvimos falar sobre avivamento, geralmente nos vem a mente a imagem de uma miriade de pessoas reunidas, juntos ouvindo a palavra de Deus e o apelo sendo feito pelo pregador. Feito o apelo, então as milhares de pessoas vão até a frente do palco, recitam uma oração e instantaneamente se tornam cristãos e herdeiros do reino dos céus.

Não sei quanto a você, mas não lembro de ter lido em minha bíblia algo que relacionasse avivamento somente com crescimento. Posso estar enganado ou minha versão da bíblia ter sido adulterada por copistas, mas até onde li; não há tal referencia.

Avivar significa tornar mais vivo, dar brilho. Quando falamos de avivamento falamos em lapidar a forma e o agir do cristão. O avivamento descrito pela bíblia pode ser sim de multidões, mas geralmente é relacionado com uma mudança interna, em que Deus trabalha no coração do verdadeiro crente. Se queremos ser avivados, devemos ser lapidados.

Porém quando se lapida algo (um diamante), se perde algo. Como assim? Para o joalheiro lapidar um diamante, muitas vezes ele precisa desgastá-lo um pouquinho, afim de que o cristal obtenha a forma e o brilho desejado. De igual forma, quando somos lapidados por Deus (exemplo dado pela bíblia como sendo Deus o oleiro e nós o barro), ele tira resquícios de auto-suficiencia que há em nós, pensamentos contrários à sua vontade e uma infinidade de coisas que atrapalham nosso relacionamento com ele.

Davi é um bom exemplo disso. Um jovem pastor que derrubou o gigante Golias. Um feito fabuloso que expressou a glória de Deus e que mostrou ao povo do gigante Golias que o Senhor dos Exércitos era um Deus presente para com o povo de Israel. Contudo, não foi este o único "avivamento" em sua vida. Para falar a verdade não foi um avivamento (no sentido de lapidar) e sim, uma demonstração da glória de Deus ao povo de Golias e de Israel. Creio que um avivamento ocorrido na vida de Davi tenha sido aquele após ele ter se deitado com Bate-Seba e ter preparado o assassinato de seu marido. Quando ele finalmente reconheceu que havia pecado contra o Senhor e somente contra ele.

Devemos analisar nossa conduta e sermos sensíveis a voz de Deus. Quando Deus tocou no coração de Davi, ele fez com Davi caísse em si e visse o tamanho da desgraça que havia cometido. Davi então prostrado em terra, reconhece que havia transgredido a lei e clama por perdão.

Quero falar de um avivamento que começa em nossas corações. Um avivamento que começa em nosso quarto, quando ninguém está nos vendo ou nos vigiando. Avivamento este que acontece quando reconhecemos que somos falhos e que estamos vivendo uma vida de pecado perante a santidade do Senhor. Um avivamento que é eterno e não apenas momentâneo.

É certo que todos nós desejamos ver um grande avivamento, um estrondo de poder celestial que faça com que nossos rostos brilhem com a luz da aurora. Mas será que para isso acontecer, não é necessário primeiramente uma mudança interna? Se queremos ver a mensagem do reino sendo propagada com mais força e poder, não é prudente que antes entreguemos nossos caminhos ao Senhor para que ele faça o que bem entender de nós?

Com isso não quero desvalorizar o trabalho de pregadores e/ou missionários que levam a palavra de Deus a grandes multidões. É um ato louvável e digno de respeito (para com os verdadeiros pregadores da palavra). Porém não devemos imaginar que avivamento é sinônimo de multidões e de grandes festas.

Creio que muitos dos avivamentos que aconteceram na história do povo de Deus não são tidos como avivamentos hoje em dia. Um exemplo clássico é a Reforma Protestante. Há algum marco tão significado para a história dos avivamentos como esse? Por que então não é tido como tal? Talvez seja porque a Reforma foi um evento "silencioso", que não envolveu milhões de pessoas em uma cruzada evangelistica ou levou multidões a ouvirem uma mensagem de auto-ajuda não baseada na bíblia.

Para finalizar, lembro-me de um exemplo oportuno:

Já havia tempo em que certo pastor estava trabalhando duro para promover um ensino correto em sua congregação. Lutava por ter um ensino baseado única e exclusivamente na bíblia. Um exemplo de pastor Reformado! Mensalmente ele tinha a oportunidade de se reunir com outros pastores, para juntos compartilharem as bênçãos ministeriais. Chegou então o dia de ir a reunião e neste dia ele estava deveras alegre! Ao chegar, todos viram sua alegria e ele não via a hora de compartilhar com todos a sua euforia. Quando chegou sua hora de falar, ele disse: "Amados, tivemos o maior avivamento que minha igreja já presenciou!" Os demais pastores ficaram felizes e perguntaram: "Quantos pessoas foram adicionadas ao rol de membros!?" E o pastor respondeu: "Nenhum. Perdemos 500!"

Com este exemplo não quero dizer ou muito menos afirmar que quando pessoas saem da igreja é motivo para nos alegrarmos e festejarmos. Pelo contrário, o amor para com estas pessoas deve sempre ser presente. Porém o pastor estava feliz não porque havia perdido seus membros, mas sim porque estava sendo fiel as sagradas escrituras. E a triste realidade é que quando se é fiel as escrituras, muitas vezes diversas pessoas saem da igreja, pois não suportam a sã doutrina.

Meu desejo é que possamos experimentar o verdadeiro avivamento que começa em nossa alma. Se Deus assim quiser e desejar realizar grandes feitos em nosso meio, amém. Caso contrário, seremos gratos pela renovação feita em nossa vida e em nosso querer diário.


Deus abençoe a todos!

Comente com o Facebook:

4 comentários :

  1. digno de louvor estas palavras pena que muitos cristaos hoje relacionam sem conhecimento um avivamento com falar em linguas,gritos,barulhos,derrubar cadeiras,pandeiros e outras coisas mais e se esquecem que o verdadeiro avivamento vem da açao transformadora da palavra em nossos coraçoes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que o Senhor nos molde conforme Sua Palavra.

      Obrigado pela visita!

      Excluir
  2. O avivamento, é uma experiência genuína E fidedigna com as escrituras.

    ResponderExcluir
  3. Ótima palavra!
    Agradeço a Deus por ter pessoas que buscam os verdadeiros ensinos bíblicos e transmitem a mensagem.
    Eu creio que verdadeiros convertidos em Cristo Jesus, buscam verdadeiro avivamento quando se arrependem de coração.

    ResponderExcluir

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin