"Eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem; e escrevendo aprendem" - Agostinho

Se inscreva no meu canal do YouTube!

segunda-feira, 30 de março de 2015

Igreja Cristã Reformada de Blumenau - Aviso de suspensão das atividades


Amados irmãos, pretendo ser breve, porém não leviano. Ao se tratar da Igreja do Senhor, precisamos de seriedade, embora ser prolixo demais não irá ajudar em coisa alguma.

A Igreja Cristã Reformada de Blumenau, neste último domingo (29.03.2015) às 09:30, em reunião com todos os irmãos da igreja, decidiu suspender suas atividades até o fim do ano. Frise-se: suspender; não é acabar a igreja. Os motivos, sucintamente, estão abaixo. Orem por nós - seremos eternamente gratos.

1. Resumo de onde viemos

A Igreja Cristã Reformada de Blumenau (SC) é fruto de alguns anos de caminhada de várias pessoas, tendo seu começo nos anos de 2007/2008. À época se começou com uma igreja voltada ao underground e tribos urbanas (skatistas, punks, metaleiros...) e seguiu neste viés durante uns 3 anos e meio, aproximadamente. Naquela ocasião não havia doutrinada reformada ou qualquer coisa parecida, mas tentávamos fazer o possível para levar o evangelho a todos.

Passado estes 3 anos e meio, eu (Filipe Luiz C. Machado) acabei descobrindo as doutrinas da graça, razão pela qual fui radicalmente transformado em minha eclesiologia (doutrina da igreja), e soteriologia (doutrina sobre a salvação), de modo que não era mais possível continuar com a igreja nos moldes em que vinha seguindo - com shows dentro da igreja e outras diversões mais.

Uma vez não sendo possível continuar com a igreja naquele padrão, optamos por continuar à frente da igreja, todavia, em outro sentido, a saber, mais calvinista e reformado. Começamos, assim, a Igreja Cristã Reformada de Blumenau (ainda sem esse nome), ficando alguns irmãos conosco e outros preferindo outros círculos, vez que não tinham interesse em permanecer - o Senhor conhece cada coração.

Aqui, deixo registrado que estou omitindo o nome dos que nos ajudaram em toda essa caminhada na igreja underground (seja como membros ou na liderança comigo) por um simples motivo: talvez não gostem até hoje do desfecho da história e porque não desejo colocar qualquer responsabilidade em outrem; cabe a mim, portanto, tratar das falhas que tive e glorificar ao Senhor por tudo que todos fizeram; as omissões de nomes, então, visam não atrapalhar o breve relato, afinal, teria de se explicar uma série de acontecimentos que não vem ao caso.

2. A Igreja Cristã Reformada de Blumenau

Continuado o trabalho, agora com ênfase reformada, vários outros irmãos nos deixaram durante a caminhada, vindo o grupo que já era pequeno (não mais que 20 pessoas), a ser reduzido para algo em torno de 10 pessoas.

Com a doutrina reformada em mente, era preciso reformar mente, coração e a forma de se ver a igreja, o que todos lutaram para implementar em suas vidas. Tivemos bons frutos disto, ainda que estes sejam variados em sua quantidade e qualidade - mas eles existiram, graças a Deus. Embora várias pessoas tenham deixado a comunhão conosco, outros foram acrescentados para a glória de Deus. 

Ocorre que estando à frente da Igreja Cristã Reformada de Blumenau, já vinha pesando os anos anteriores à frente da "antiga igreja" (em tempos com ajuda de outros irmãos, noutros momentos sozinho) e a situação começava a ficar difícil, uma vez que não estava conseguindo dar conta do recado (luta contra os pecados, escrever estudos, leitura de livros teológicos, pregação toda semana, quando era possível, aconselhar irmãos - fora o trabalho online e as mais diversas pessoas que me procuravam [e ainda procuram]; infelizmente nunca foi possível viver integralmente do ministério).

Mais ou menos no começo de 2014, então, entrei em contato com os homens da igreja e pedi para que alguém, caso fosse chamado pelo Senhor, me auxiliasse à frente da igreja, pois precisava de auxílio. Por diversas questões de cada um deles, tal liderança acabou não logrando êxito, mas continuei à frente - achei que daria para continuar sozinho.

Aqui, faço boa menção aos irmãos das Igrejas Puritanas Reformadas no Brasil, os quais nos foram muito úteis em toda essa caminhada como igreja reformada, mesmo estando longe - não foi o auxílio perfeito (como nunca o é, mas fizeram de bom coração todo o possível; louvado seja o Senhor por vocês todos).

Voltando, fato é que em nossa congregação, somada a esta minha dificuldade em estar sozinho (novamente: luta contra os pecados e o que escrevi acima) e outras questões que alguns irmãos estavam enfrentando na vida pessoal, estava fazendo com que nossa congregação perdesse o fôlego que outrora tivera (quem lembra, vai recordar que paramos de fazer o Jornal Reforma Hoje, não demos continuidade à 1ª Conferência Reforma Hoje, o Confraria Reformada foi interrompido, meus escritos no blog diminuíram, cessei com as exposições em Efésios...).

Sim, o que aconteceu é semelhante à analogia de um carro que andava bem, mas que pelas mais diversas dificuldades (minhas e dos irmãos - ou seja, de todos) entrou em alguns buracos e acabou sendo danificado, e agora precisa parar e ser colocado na oficina. Não seria prudente continuar "empurrando com a barriga", pois não estamos lidando com alguma comida caseira, e sim com o Reino de Deus.

3. Da suspensão das atividades

Reunidos os irmãos neste último domingo, oramos e tivemos por bem suspendermos as atividades até o fim do ano, a fim de que o Senhor confirme em meu coração se devo continuar à frente da congregação, bem como se os irmãos querem continuar na igreja e passarem a se envolver mais, bem como testificarem de algumas vitórias contra alguns pecados mais específicos que lhes impedem de maior envolvimento no corpo do Senhor.

Importa notar que a "suspensão" das atividades, ao contrário do que pode parecer, é mais benéfica para nós do que o continuar da forma como estava. Sim, graças a Deus as pregações e diversos estudos em nosso canal do YouTube foram e ainda são bênçãos para muitas pessoas, mas como diz a Escritura, "Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado" (1Co 9.27 - grifado). Eu estava sendo reprovado e meus irmãos também - e como não há ninguém para assumir temporariamente, resta orarmos ao Senhor para que nos mostre uma direção.

Registre-se, outrossim, que durante todo o processo em que os irmãos que ficaram conosco, sempre foram questionados acerca se gostariam de ter a liderança à frente, de maneira que ninguém estava "à força" na pregação e demais ministérios.

Até o fim do ano, desta forma, nós vamos continuar nos reunindo esporadicamente como irmãos em Cristo, buscando melhorar os laços de amizade e cada um orará ao Senhor para onde deve ir - se começar a frequentar outra igreja ou o que fazer. Todos, porém, estão cientes de que até lá devem congregar em algum lugar, conforme comanda a Escritura (Hb 10.25).

4. O que irá continuar

Tão logo seja possível, retornarei com os estudos na Confissão de Fé de Westminster e com a tradicional transmissão online; também pretendo retomar as conversas no Confraria Reformada; entre os irmãos o desejo também é de voltarmos à editar e distribuir o Jornal Reforma Hoje.

Todavia, prefiremos não dar datas, para não gerar qualquer expectativa que possa a vir ser frustrada.

5. Pedido de oração

Orem por nossa igreja. Orem por mim, por minha esposa e nosso filho. Orem pelos irmãos que estiveram conosco (e suas famílias) e cada qual lutando com seus pecados e precisando os vencer para poder ajudar ativamente no Reino do Senhor. Orem para que sejamos quebrantados e o Senhor nos mostre o caminho a ser tomado. Orem para que este tempo de reflexão sirva para o crescimento de todos, a fim de que aprendamos com a boa disciplina do Eterno Pai, o qual corrige ao filho que ama (Hb 12.6).

Seja qual for a vontade do Senhor para o desfecho, queremos voltar fortalecidos e animados para continuar Sua obra.

Que o Senhor seja com todos os que amam a Cristo em sinceridade (Ef 6.24).

Em Cristo e para a progressão de Seu Reino,
Filipe Luiz C. Machado (quem escreveu) e todos os irmãos da Igreja Cristã Reformada de Blumenau.

Comente com o Facebook:

9 comentários :

  1. Glória a Deus pela vida de vocês...
    Os conheço a pouco tempo, acompanho a pouco o blog e os estudos e muito fui edificado, e oro por vocês para que esta obra no seu retorno seja ainda maior, conforme a boa vontade de Deus.

    Orando.

    ResponderExcluir
  2. Seja Deus gracioso e abençoe a cada um dos irmãos.

    "Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo. E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus nos chamou à sua eterna glória, depois de havemos padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoe, confirme, fortifique e estabeleça. A ele seja a glória e o poderio para todo o sempre. Amém".
    1 Pedro 5:6-11

    ResponderExcluir
  3. Filipe, creio que este tempo servirá para que cada um possa olha para suas vidas, e ver que precisam se empenha com a obra de Deus, imagino o quanto você e empenhado com seu ministério, acompanhei algumas das suas pregações, e sei que você e um filho enviado de Deus para leva o evangelho, a essas criaturas.
    Continue sendo o que você é para Cristo, ele sabe todas as coisas, e vai falar no coração de cada um, trazendo arrependimento e um coração quebrantados.
    Que o senhor abençoe sua vida, sua esposa, seu filho e todos os seus familiares, que ele guarde os vosos corações..

    ResponderExcluir
  4. Prezado irmão em Cristo Filipe, oro para que o Senhor dos senhores e Rei do reis direcione os caminhos de cada irmão nesse processo. Não sou um leitor assíduo deste Blog como eu gostaria de ser, mas muito de seus escrito tem-me enriquecido, permitindo-me a ajudar outros. Moro em São Paulo, sou membro da IPB, mas o amor para com os irmão dessa honoráveis igreja fez-me escrever este singelo comentário. Estarei em oração por todos vocês, amado irmão, e sempre levar cativo o ensinamento do Senhor Jesus quando disse que "[...] as portas do inferno não prevalecerão contra ela" - Mt 16.18. Uma denominação acaba. Ou suspende as suas atividade eclesiásticas por algum motivo, mas certeza de que nós temos é que a Igreja de Cristo sempre prevalecerá!

    Deixo meus abraços fraternos a todos os irmãos de Igreja Cristã Reformada de Blumenau e quero dizer, irmão filipe, que assim que o irmão tomar ciência destas palavras, por favor, não responda por aqui, mas enviam-me para o meu e-mail pessoal: ribeiro_neg@hotmail.com. Ok?

    Fiquem na paz do Senhor Jesus.

    Carinhosamente,

    Irmão Robson Ribeiro

    ResponderExcluir
  5. "E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus." Romanos 8:27 - Filipe, seus artigos, vídeos e tudo mais (tenho o seu livro: Armas, Defesa Pessoal e a Bíblia) tem abençoado muito minha vida, conte com minhas orações! Um abraço fraterno, Francisco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo incentivo, amado.

      Cristo seja contigo!

      Excluir
  6. Caro irmão Filipe
    Sou membro da IPB em São Paulo.
    Andei assistindo aos vídeos de culto e estudo bíblico dessa igreja e foi muito edificante.
    É triste saber que as atividades estão suspensas, mas que isso seja para crescimento da igreja e acima de tudo para honra e glória do nosso Deus.
    Quem dera se eu tivesse condições de contribuir para dar continuidade a esse trabalho.
    Que Deus possa levantar pessoas para esse propósito, pois muitas pessoas carecem do verdadeiro evangelho.
    Que Deus abençoe abundantemente.

    ResponderExcluir
  7. Temos um Blog como Comunidade Cristã - Herança Reformada, e gostaríamos de pedir autorização do pastor para transferir alguns artigos que achamos importantes e publicar em nosso Blog, é claro citando o autor e a fonte de onde foi extraído. Desde já agradecemos uma resposta.
    Cordialmente
    Dr. Raúl Ariel Jiménez Cortés.

    ResponderExcluir

Por favor, comente este texto. Suas críticas e sugestões serão úteis para o crescimento e amadurecimendo dos assuntos aqui propostos.

Compartilhe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

pop-up LIKE

Plugin